Acabou o prazo, agora ex-presidente Lula é um foragido da Justiça

CURITIBA/PR 06/04/2018 POLÍTICA / PRISÃO LULA / SEDE DO DEPARTAMENTO DA POLÍCIA FEDERAL DE CURITBA - Fachada da sede da Polícia Federal, em Curitiba. Lula teve o pedido de prisão expedido pelo juiz federal Sergio Moro. FOTO JF DIORIO/ESTADÃO

Depois de praticamente o juiz Sérgio Moro convidar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a ir até Curitiba para iniciar o cumprimento de sua pena de 12 anos e um mês de prisão, o prazo que era até as 17:00hs dessa sexta-feira (6) terminou, a partir daí o ex-presidente passa a ser foragido da Justiça.

No despacho em que determinou a prisão do petista, Moro determinou que o acusado se apresente voluntariamente até as 17h desta sexta-feira. Também foi determinado pelo juiz federal, o não uso das algemas no ex-presidente, que ficaria inicialmente preso em uma sala/dormitório especial na sede da Superintendência da Polícia Federal, no bairro Santa Cândida.

Como o ex-presidente não se apresentou voluntariamente, a boa vontade da PF acabou. Oficialmente Lula passa a ser considerado foragido da Justiça.

Mesmo considerado foragido e determinada a captura de Lula, a PF decidiu a não empregar os “meios necessários” para o cumprimento do mandato. Segundo as informações, mesmo depois de um esquema montado para ir buscar Lula, a PF decidiu por não entrar na sede do sindicato dos metalúrgicos em São Bernardo do Campo, para prender o ex-presidente, para não haver confronto com os militantes petistas, que usam palavras de ordem, “vamos juntos com Lula até onde ele quiser resistir”.

Depois de não obedecer a ordem judicial, agora surgi um fato novo, segundo os telejornais, amanhã acontece uma missa campal em frente à sede do sindicato dos metalúrgico em memória a Marisa Leticia esposa de Lula, que completaria 68 anos de idade. O ex-presidente quer participar da missa e só depois volata a se reunir com seus advogados e se necessário com a PF, para uma negociação para que Lula pudesse se entregar, mas o ex-presidente segundo as informações não vai para Curitiba, ele quer ficar na sede da Polícia Federal em São Paulo.

Havia uma promessa de que Lula se pronunciara as 16:00hs, passou para as 17:00hs, mas até o momento da fechamento dessa matéria o pronunciamento não teria acontecido.

Com informação da Tribuna de Curitiba

SEM COMENTÁRIO