Ação preventiva ajuda a reduzir acidentes de trânsito em Marabá

Por atender a maioria das vítimas de acidentes em estado grave na região, o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), localizado em Marabá, foi um dos pontos volantes da campanha promovida pelo Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano de Marabá (DMTU), com o objetivo de alertar a população sobre a necessidade de atenção nas estradas durante o Carnaval.

“No Hospital, a gente vê que os números não mentem. Há muitos leitos com vítimas de trânsito e, em muitos casos, os acidentes poderiam ser evitados”, afirmou o agente Rodolfo Costa. As principais causas de acidentes no trânsito em Marabá são falta de atenção, uso de celular ao volante, consumo de bebida alcoólica e trafegar sem equipamentos de segurança, como cinto e capacete.

___________ MATÉRIA CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ___________

Referência em trauma de média e alta complexidade, o HRSP atendeu 106 vítimas de acidentes de trânsito somente em janeiro de 2019, o equivalente a 21,5% do total de pacientes do mês.

“Direção Viva” – A parceria com o DMTU também marcou a primeira edição, em 2019, do “Direção Viva: Você Consciente, Trânsito mais Seguro!” em Marabá, um programa contínuo de promoção de ações de educação em saúde, voltadas à conscientização sobre as sequelas de traumas por acidentes de trânsito. O programa é desenvolvido desde 2016 nas unidades públicas do Pará gerenciadas pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

“O ‘Direção Viva’ é uma estratégia que tem ajudado a diminuir os índices de acidente na região, junto com ações realizadas por outras instituições públicas e privadas. O programa é desenvolvido a partir de rodas de conversa, exposição, memorial, palestras e blitzes educativas, que abrangem usuários ambulatoriais, pacientes, acompanhantes, colaboradores e a comunidade em geral”, informou a analista de Humanização Flávia Fernandes, que atua no Hospital Regional de Marabá.

O autônomo Elismar Souza participou da ação enquanto aguardava a consulta com o cardiologista. “Achei muito positiva a orientação, porque mostra que coisas simples causam a maioria dos acidentes. Se amamos a nossa vida, precisamos estar atentos”, disse o usuário.

Texto: Aretha Fernandes/ Hospital Regional do Sudeste do Pará (Marabá) – HRSP

SEM COMENTÁRIO