Acusado de matar prefeito de Tucuruí está entre os mortos de Santa Isabel

Bruno Venâncio era peça central para o esclarecimento do assassinato do Prefeito Jones William

Confirmada nesta tarde a morte de Bruno Venâncio, acusado de ter assassinado o prefeito de Tucuruí, Jones William. A morte de Venâncio aconteceu durante fuga e rebelião de presos do Centro de Recuperação Penitenciário do Pará III (CRPP III), no Complexo de Santa Izabel, Região Metropolitana de Belém, ontem, terça-feira, 10.

A Susipe confirmou nessa tarde que Bruno Venâncio está entre os 21 presos mortos na tentativa de fuga. O corpo do pistoleiro já foi encaminhado ao IML da Capital. Bruno, apesar de não ter confessado ser o executor, era peça central para o esclarecimento do assassinato do prefeito Jones. O jovem era acusado ainda por mais de 20 mortes.

O assassinato de Jones William da Silva Galvão ocorreu em 25 de junho de 2017. Bruno se encontrava preso na unidade III do Centro de Recuperação Penitenciário do Pará (CRPP III), onde até o momento foram confirmados 21 mortos.

Em relação ao crime de assassinato do prefeito Jones William, o inquérito foi encerrado em janeiro e entregue pela Polícia Civil ao TJPA e aguarda análise final, segundo o delegado geral de Policia Civil Rilmar Firmino, que já encerrou as investigações. Ao todo, 10 pessoas foram indiciadas, 4 estão presas, 3 em liberdade condicional provisória e aguardam possível expedição de mandados de prisão e posterior julgamento.

Relação oficial da lista dos mortos:

Agente Penitenciário
1. Guardiano Santana;

Presos CRPP III
2. Alax Roberto de Jesus Brito (identificado);
3. Alexandro Souza de Oliveira (identificado);
4. Bruno Marcos de Oliveira (identificado);
5. Elson Lima Moraes (identificado);
6. Fagner Diego Gomes dos Santos (identificado);
7. Felipe Correa Mendes (identificado);
8. Guido Barbosa Gaspar (identificado);
9. José Wagner dos Reis Raposo (identificado);
10. Leandro Soares da Silva (identificado);
11. Nelielson Loureiro Brabo (identificado);
12. Nicodemos Cardoso dos Santos (identificado);
13. Pedro Paulo Batista Martins (identificado);
14. Rui Ferreira Pantoja (identificado);
15. Tiago do Vale Monteiro (identificado);
16. Marcelo Rodrigues (identificado);
17. Edielson Almeida Galibi (identificado);

Presos CPASI (apoio externo)
18. Carlos Henrique Costa Cardoso (identificado);
19. Manoel Arlen da Silva Martins (identificado);
20. Renan Pantoja Barros (identificado);
21. Rogério Chavier Pantoja (identificado);
22. N. A. C. B. (falta reconhecimento familiar).

SEM COMENTÁRIO