NotíciasXinguara

Acusado por estupro de vulnerável é preso em Xinguara

Por Roserval Ramos

Paulo Cesar, Conselheiro Tutelar que recebeu a ligação do disk 100
Paulo Cesar, Conselheiro Tutelar que recebeu a ligação do disk 100

A Secretaria de Direitos Humanos em Brasília recebeu uma denuncia anônima através do disk 100, onde a pessoa informou que um homem de 23 anos estaria morando maritalmente com uma menor de 11 anos de idade em Xinguara no sul do Pará, o que por Lei é proibido, ou seja, ele estaria cometendo estupro de vulnerável. A Secretaria de Direitos Humanos repassou a denuncia para o Conselho Tutelar do Município, órgão competente para lidar com esse tipo de caso. Após receber a denuncia a direção do Conselho encaminhou o caso para a Polícia Civil de Xinguara prendeu.

De posse das informações o Delegado de plantão José Taborda, determinou que homens de sua equipe fossem verificar tais informações, ao constatarem a veracidade dos fatos, os policiais prenderam em flagrante no dia 31/07 por volta das 18 horas o acusado que foi identificado como Fernando Henrique Pereira de Oliveira, quando ele chegava do trabalho. A criança envolvida foi encaminhada aos respectivos exames de conjunção carnal, os quais atestaram que ouve relações sexuais entre a menor e o acusado. Após ser preso Fernando foi apresentado na Unidade Policial, onde foi ouvido e posteriormente por determinação da autoridade policial, foi lavrado o auto flagrancial contra o acusado que será transferido para o presido de Marabá na quarta-feira 05, onde ficara preso a disposição da Justiça.

Em depoimento Fernando disse que não tinha conhecimento de que estaria cometendo um crime por estar morando maritalmente com a menor, uma vez que os familiares dela estavam de acordo com a convivência dos dois.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo