AtentadoNotícia

Aeroporto reforçará segurança após bolsonarista armar bomba em caminhão

Empresário bolsonarista armou bomba em caminhão-tanque que seguia para o aeroporto. Preso em flagrante, investigado está detido na Papuda

Depois de o empresário bolsonarista George Washington de Oliveira Sousa, 54 anos, armar explosivos em um caminhão-tanque que entraria no Aeroporto Internacional de Brasília, a Inframerica afirmou que haverá reforço do policiamento ostensivo e da vigilância do terminal nesta semana.

O caso da bomba ocorreu na manhã de sábado (24/12). O artefato seria explodido com uso de dispositivo remoto, que chegou a ser acionado, mas falhou, segundo a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).

Saiba quem é o homem preso após tentar explodir bomba no DF

O motorista da carreta, que transportava querosene de aviação, percebeu a presença de uma caixa de papelão em um dos eixos do veículo. Ao abrir, encontrou duas “bananas” de dinamite e um detonador com “luzes piscando”.

Acionada, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), junto a equipes do Corpo de Bombeiros e das polícias Federal (PF) e Civil (PCDF), deflagraram uma operação para desativar a bomba.

Fonte: METRÓPOLES

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo