NotíciasXinguara

Antônio Barbudo renuncia a presidência do Sindicato dos Trabalhadores Rurais

Rosa do Sindicato
Rosa do Sindicato

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Xinguara (STTR), senhor Antônio José dos Santos “Antônio Barbudo” de 65 anos, renunciou o cargo que ocupava quando foi eleito presidente do sindicato pela quinta vez desde sua fundação em 29 de maio de 1983.

Antônio Barbudo deixou o cargo no final da tarde de quinta-feira (22) de outubro de 2015. Ele estava na presidência da entidade desde março de 2012.  “Barbudo” disse que deixou o cargo por razões pessoais. Conforme ele, a decisão foi tomada juntamente com seus familiares.

A senhora Rosenilda Batista Soares Souza “Rosa do Sindicato” que até então ocupava o cargo de Secretaria Geral do Sindicato, assume a presidência da entidade sindical de forma definitiva, até o fim do pleito previsto para março de 2016, quando vai ser realizada a nova eleição para a escolha da nova diretoria.

NOTA DE ESCLARECIMENTO:

Eu Antônio José dos Santos (Antônio Barbudo), Presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Xinguara-PA, (STTR), estou vindo a público comunicar que estou nesta data de 22 de outubro de 2015, renunciando o mandato de presidente do sindicato por motivos pessoais e por livre e espontânea vontade. Quero dizer que estou deixando a presidência com a sensação de missão cumprida, tenho 65 anos de vida e 35 deles de sindicalista em Xinguara, 5 mandatos de diretor e sou um dos fundadores deste sindicato.

Ajudei a criar 15 Associações de Produtores Rurais do Município de Xinguara, no qual fui presidente da Associação Vale do Araguaia, também fui um dos fundadores do Distrito São José do Araguaia onde ajudei a criar a Associação de Moradores (AMODIJA) e fui presidente por dois mandatos.

A Luta Continua e vou viver outra fase da minha vida e tentar escrever a minha historia e quero que o senhor nos abençoe e nos proteja. Vou morar no município de Santa Fé do Araguaia no estado do Tocantins. (Fonte: Luiz Pereira)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo