Brasil & Mundo

Após liminar, 17 agências bancárias do Tocantins voltam a funcionar

Itaú e Bradesco conseguiram na justiça o retorno dos funcionários.
Das 110, 93 agências bancárias continuam em greve.

Bancários do Itaú voltaram a trabalhar normalmente nas agências de Palmas, Araguaína e Gurupi (Foto: Fabrício Soveral/G1)
Bancários do Itaú voltaram a trabalhar normalmente nas agências de Palmas, Araguaína e Gurupi (Foto: Fabrício Soveral/G1)

As agências bancárias do Itaú e do Bradesco voltaram a funcionar normalmente em Palmas, Araguaína (TO) e Gurupi(TO). Segundo o Sindicato dos Bancários do Tocantins (Sintec), os bancos privados entraram com uma liminar na Justiça do Trabalho exigindo a volta dos funcionários. Dessa forma, 17 dos 110 bancos que estavam em greve voltaram a oferecer os serviços bancários aos correntistas.

Segundo o Sintec o departamento jurídico estuda uma possibilidade de recorrer da liminar. Enquanto isso a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) ainda não se pronunciou sobre a greve, que segue por tempo indeterminado.

Entenda
Os bancários do Tocantins aderiram à greve nacional na quinta-feira (19). Eles reivindicam um aumento salarial de 11,9% que, segundo o sindicato, corresponde a 6,9% de inflação acumulada, mais 5% de produtividade. Eles também cobram salário refeição, cesta alimentação, 13º salário refeição e 13ª cesta alimentação de R$ 680 cada.

De acordo com o presidente do Sintec, Crispim Batista Filho, as metas cobradas pelos bancos são abusivas e os trabalhadores sofrem de assédio moral, o que precisa ser acompanhado com mais rigor pelas empresas e que é outra reivindicação dos bancários. “Nós pedimos para que os bancos reduzam um pouco as metas cobradas porque os funcionários fazem de tudo, até mesmo hora extra, e muitas vezes não conseguem atingir essas metas. Além disso, quem não atinge as metas não recebe Participação nos Lucros ou Resultados (PLR)”. (Do G1/TO – Pesquisa Roserval Ramos).

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo