NotíciasPolícia

As operações Novo Oeste e Primavera deflagrada pela PC e PM do Pará, visa solucionar crimes na região de São Félix do Xingu

9302bb60-46c5-4a66-8419-22aa708bf54cNa quarta-feira 05 de outubro do corrente ano, várias equipes policiais da região, dentre elas as equipes da Polícia Civil da Superintendência Regional do Alto Xingu, Superintendência Regional do Araguaia Paraense, DECA-Redenção, NAI-Sul, Depol de Tucumã e Depol de São Félix do Xingu, além das equipes da Polícia Militar de São Félix do Xingu, GTO Ourilândia, GTO Xinguara, GTO Redenção, e CPR-V – Redenção deflagram duas operações na cidade de São Felix do Xingu no sul do Para, para cumprirem mandados de prisão e busca e apreensão em vários alvos no município.

José Rodrigues da Silva (vulgo Zé Tocantins)
José Rodrigues da Silva (vulgo Zé Tocantins)

A Operação denominada Novo Oeste, visa apurar o homicídio do líder da Associação dos Acampados Sem-Terra na região da Vila Sudoeste, Ronair José de Lima, morto em julho desse ano, e nessa operação, foram cumpridos 3 mandados de prisão, em desfavor dos nacionais Francisco Nogueira Lima (vulgo Romário), Lourival Gonçalo de Sousa (vulgo Índio) e José Rodrigues da Silva (vulgo Zé Tocantins), eles são acusados de serem autores/partícipes do crime, além de sete mandados de busca e apreensão, em locais de residência de suspeitos de envolvimento nesse delito, sendo que em um desses locais, foi encontrado, além de diversos objetos que serão úteis às investigações, um carregador de pistola calibre 380.

Ronaldo Barreira dos Santos (vulgo Bam-Bam)
Ronaldo Barreira dos Santos (vulgo Bam-Bam)

Na outra operação, denominada Operação Primavera, que visa investigar a morte ocorrida em julho desse ano, do dentista e pecuarista Manoel Bento, que residia na Vila Taboca, em São Félix do Xingu, foram cumpridos diversos mandados de busca e apreensão, onde foram encontradas armas de fogo que podem ter sido utilizadas no crime, além de outros objetos que serão úteis ao desenrolar das investigações policiais, além do cumprimento também de um mandado de prisão em desfavor de Ronaldo Barreira dos Santos (vulgo Bam-Bam), foi realizada também a prisão em flagrante de César Randolfo Pimentel Alves, suspeitos de envolvimento no crime, sendo que César era alvo de um mandado de busca e apreensão, mas, por estar portando um revólver calibre 38, com seis munições intactas, foi preso em flagrante delito pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. Outras prisões podem ocorrer em breve.

Roserval Ramos com informações da PC de Redenção

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo