Polícia

Assaltante foi preso pela PM de Sapucaia

Thawan Reis sendo apresentado pela Guarnição da PM e pelo Delegado Max Muller
Thawan Reis sendo apresentado pela Guarnição da PM e pelo Delegado Max Muller

Thawan Reis de Lima de 20 anos de idade, residente na folha 06, QD 20, LT 14, na cidade de Marabá, que vinha aterrorizando a população da cidade de Xinguara no Sul do Estado do Pará foi preso nessa segunda-feira (06), na cidade de Sapucaia que fica 35 km de Xinguara. A prisão aconteceu por volta de 11:50h, por uma guarnição da Polícia Militar daquela cidade.

Segundo boletim de ocorrência policial – BOP, da polícia militar que estava fazendo ronda rotineira pelas Ruas da cidade, avistou Thawan Reis encostando-se a um posto de combustível para fazer um abastecimento, mais quando avistou a VTR, demonstrou nervosismo com atitude suspeita. O mesmo foi abordado e passou por uma revista policial, ao ser revistado foi encontrada dentro de uma mochila que estava o acusado uma “PISTOLA DE PRESÃO”, arma essa que ele usava para assaltar as pessoas, então foi dada voz de prisão ao mesmo e posteriormente foi apresentado na delegacia daquela cidade onde se encontrava de plantão o delegado Max Muller, que encaminhou o preso para central de flagrantes, ou seja, para a delegacia de Polícia Civil de Xinguara para que fossem tomados os procedimentos cabíveis.

Thawan Reis de Lima
Thawan Reis de Lima

Thawan Reis que agia acompanhado de um comparsa ainda não identificado, já estava sendo procurado por ter assaltado varias pessoas em Xinguara, Thawan usava a “PISTOLA DE PRESÃO”, para abordar as vítimas e em seguida anunciar o assalto. O delegado de plantão em Xinguara, José Orimaldo Farias, após receber o acusado mandou que as vítimas que tiveram seus celulares roubados comparecessem na delegacia para fazer o reconhecimento do individuo.

Até o fechamento dessa matéria duas pessoas que foi vítimas de Thawan Reis, o reconheceram como o autor dos assaltos. Thawan foi atuado em flagrante e vai ficar recolhido ao xadrez da DEPOL, a disposição da Justiça. Quanto ao comparsa de Thawan, o delgado Orimaldo disse que vai pedir sua prisão preventiva.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo