Assaltantes de banco volta a aterrorizar São Félix do Xingu no Pará e deixa duas agências parcialmente destruídas

Na madrugada de quinta para sexta, homens armados invadiram as agências do Banco do Brasil e do Bradesco em São Félix do Xingu no sul do Pará, era por volta de 01:30hs, quando começou a ação dos bandidos, o bando estava usando armamento de grosso calibre e deixou a cidade polvorosa com a quantidade de tiros que foram disparados em torno das duas agências bancarias.

Segundo informações de uma fonte segura, o grupo de assaltantes começaram a fazer reféns logo na entrada da cidade. As primeiras pessoas que foram feitas reféns estavam na conveniência BR Mania do Posto Boi Verde, de lá os criminosos seguiram em direção as agências que ficam localizadas muito perto uma da outra, na principal Avenida da cidade. ÁUDIO TRIROS

As duas agências ficaram bastante danificadas, pois a ação do bando contava com forte poder de destruição. Segundo relatos de moradores que, mesmo com muito medo gravaram vídeos e áudios onde pode se ouvir as rajadas de tiros, segundo um morador, os assaltantes gritavam perguntando pelo dinheiro que estava ali, muito nervosos dava a entender que eles não encontrou o valor esperado. ÁUDIO

Os assaltantes entraram nas duas agências atirando para tudo que era lado, todo que era vidraça foi destruído, eles detonaram explosivos para explodir os cofres. Em seguida o bando saiu em fuga pela PA 279, sentido a cidade de Tucumã. Foram jogados objetos pontiagudos pela estrada para furar pneus e um veículo foi atravessado e queimado na pista para dificultar a perseguição policial.

___________ MATÉRIA CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ___________

Em nota, a Polícia Civil do Pará relatou que diligencias estão sendo realizadas em busca de prender os assaltantes e que todos os reféns foram liberados e não houve registro de feridos.

Polícia Civil

As Polícias Civil e Militar já efetuam diligências na região de São Félix do Xingu, sudeste do Pará, após os ataques a duas agências bancárias ocorridos na madrugada desta sexta-feira (01). Entre 10 a 15 criminosos, segundo testemunhas, chegaram à sede do município por volta de 1h30 e permaneceram até por volta de 2h30. Tiros foram disparados para o alto. Não houve disparos no quartel da PM nem na Delegacia da cidade. Em seguida, tomaram rumo em direção às agências do Banco do Brasil e Bradesco. Perto dos bancos, cerca de dez pessoas foram feitas reféns e colocadas em dois grupos como “escudos humanos”.

Os criminosos entraram a tiros nos bancos e instalaram explosivos apenas nos cofres das agências. Após a explosão dos cofres, os criminosos saíram em fuga usando dois carros. Todos os reféns foram liberados sem registro de feridos, até o momento. Na estrada, na saída da cidade, os bandidos jogaram ferros pontiagudos na pista para furar pneus dos veículos policiais.

Um dos carros usados pelos assaltantes foi queimado no meio da estrada para bloquear o tráfego. Os bancos estão isolados para aguardar as investigações. A Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos e Antissequestro foi acionada para se deslocar a região e presidir as investigações. Reforços da PM e da Polícia Civil (Grupo de Pronto-Emprego) foram enviados ao município.

SEM COMENTÁRIO