Bombeiros Militares de Santarém embarcam para buscas em Brumadinho

Após dois anos de criação do Canil e intensos meses de treinamentos específicos, Bombeiros Militares e um cão do Grupamento de Busca e Resgate do 4º Grupamento de Bombeiros Militar, realizam os últimos ajustes para embarcarem para Brumadinho (MG). A equipe composta pelos Bombeiros Miliares, Cabo BM Fábio Lima, Cabo BM Júlio Cesar Galúcio, Cabo BM Angélica, Soldado BM Thiago Carvalho e o cão de Busca “Bart”, seguirá para o município mineiro para integrara as equipes de buscas pelas vítimas que continuam desaparecidas desde o rompimento da “Barragem do Feijão”.

Na segunda-feira (25), a equipe participou de um treinamento aéreo de adaptação com cães, com a simulação de algumas manobras de helicóptero que serão aplicadas durante as buscas. O vôo foi conduzido pela equipe da Empresa EMAR táxi aéreo, do Rio de Janeiro, composta pelos pilotos Marcos Alvarenga, Rafael Dantas e Bruno Martins.

De acordo com o Comandante do 4º Grupamento de Bombeiros Militar, Tenente Coronel Tito, a ida da equipe representa o reconhecimento de um trabalho honroso que vem sendo desenvolvido há meses, graças à dedicação dos Militares durante os treinamentos.

“Esse chamado mostra a importância e o reconhecimento do Comando da Instituição e da Secretaria de Segurança Pública do Pará, do investimento que foi feito, com tempo e com disponibilidade de militares ao treinamento do Bart, e também do treinamento do nosso pessoal, no que diz respeito à Cinoterapia. É uma seção nova na Unidade de Santarém, localizada no Oeste do Pará, no interior, e nós podemos dizer que está à vanguarda de muitas Unidades do Brasil, e o mais importante, o Corpo de Bombeiros Militar do Pará mandando representantes para fazer parte desta operação, apesar de catastrófica, envolve apenas especialistas, e nós do interior somos esses especialistas. Então, é uma satisfação muito grande, uma ocorrência de cunho internacional, em que vamos nos juntar com estes bravos heróis que estão tentando dar um alento para essas famílias que ainda estão em busca de seus familiares”, finalizou.

(Fonte: Corpo de Bombeiros Militar do Pará)

SEM COMENTÁRIO