Política

Câmara Municipal de Xinguara têm dificuldade para realizar sessão extraordinária por falta de quórum

Na manhã desta sexta-feira, 20, estava programada a realização de uma sessão extraordinária na Câmara Municipal de Xinguara com o propósito de aprovar um projeto de aquisição de uma área urbana por meio de permuta para a construção de um Centro Poliesportivo, iniciativa do Governo do Estado através da SEEL, visando atender a população xinguarense. Contudo, devido à falta de quórum, a sessão não pôde ser realizada.

Na história do legislativo de Xinguara, esta foi a primeira vez em que uma sessão extraordinária não ocorreu por falta de quórum. Os presentes na plenária consideraram o episódio como falta de compromisso por parte dos parlamentares que não compareceram à sessão.

O regimento interno da câmara de vereadores não permite a realização de uma sessão com menos de sete vereadores, o que levou o presidente da casa a cumprir rigorosamente esse requisito. Após coletar as assinaturas dos vereadores presentes, declarou a sessão como prejudicada por falta de quórum e a encerrou. Em seguida, agendou uma nova sessão extraordinária para o dia seguinte, sábado, 21, com início às 08:00hs.

Os seis vereadores que estiveram presentes na sessão foram: Adair Marinho, Dito do Cinema, Cição, Evaldo do Frigorífico, Neném Mototáxi e Potó. As vereadoras Ébia Costa, Iraci da Saúde e Eliane Galvão não puderam comparecer devido a estarem retornando de uma viagem à capital do Estado, Belém.

Os vereadores ausentes na sessão foram Raimundo Mototáxi, Cleomar da Vale, Jacó e Irmão Zeca. Desses, somente o vereador Raimundo Mototáxi apresentou justificativa, além das três vereadoras que estão de em viagem, conforme informado pelo presidente Adair Marinho.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo