Polícia

Canaã dos Carajás: Reivindicação de direitos no banco do Brasil vira caso de policia

20140305_172200Uma moça de 27 anos que não quer ser identificada movimentou a agência do Banco do Brasil em Canaã dos Carajás, por volta das 14h e 30min a cliente chegou ao banco e solicitou uma senha para o atendimento que de imediato lhe foi negada por causa do avançar do horário, segundo lhe informou a vigilante da agência. Inconformada com a resposta e sabedora de seus direitos, a mulher não aceitou o não como resposta e continuou a insistir pela senha, momento em que chegou outros clientes do Banco e requereram o direito de ser atendido, iniciando um principio de tumulto.

Numa discussão bastante calorosa presenciada por dezenas de pessoas que estavam na agência, a protagonista da história sentou-se e disse que só sairia depois de ser atendida. ” Quase toda vez que venho aqui, preciso ser indelicada com eles para garantir os meus direitos, hoje eu ganhei reforço de um homem que também ficou muito nervoso, e juntos conseguimos que fossemos atendidos “. Disse ela.

A moça continuou sentada a porta que já estava fechada, e na tentativa de coibir a entrada dela a funcionária do banco não permitiu que ninguém do atendimento saísse o que causou outro início de tumulto, pois quem estava dentro queria sair, e quem estava fora queria entrar. Resultado; a tropa de choque da policia militar foi acionada, os ânimos acalmados e as sete pessoas que reivindicavam o atendimento tiveram suas senhas entregues. (Por Leia Cardoso).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo