EsporteNotícias

Ciclistas se preparam para o 3º Cicloturismo Expedição Xingu, edição 2017 com novo formato

O grupo de ciclistas, Kalangos do Pedal de Ourilândia do Norte e Tucumã, em parceria com a prefeitura e secretarias de turismo e de esporte de São Félix do Xingu e empresa locais, está organizando a terceira edição do Cicloturismo Expedição Xingu, agora, com novo formato, que será realizado no dia 26 de novembro de 2017.

Diferente das duas primeiras edições, que, os participantes eram recepcionados na cidade de Ourilândia, de onde saiam pedalado até a cidade de São Félix, agora, os ciclistas irão de carro direto para São Félix e serão recepcionados com a entrega dos Kits e com uma grande festa na praia do pedral no rio Xingu. Com o novo formato a Expedição Xingu terá uma serie de quatros, quem participar desse primeiro ano recebera no kit uma medalha, só que essa medalha será apenas uma parte, ela vai ficar faltando três partes, quem não participar dos três anos seguintes não terá a medalha completa.

Os participantes irão percorrer 80 quilometro de estrada de terra margeando o Rio Xingu, apreciando as belezas oferecida pela natureza. Está sendo esperado cerca de 250 ciclistas do Pará, Tocantins e Maranhão e de outros estados, em apenas seis dias em que as inscrições foram abertas, já são mais de 50 ciclistas inscritos.

Programação:

O evento começa no sábado dia 25, com a recepção e entrega dos kits aos participantes com festa na praia do pedral no rio Xingu. No domingo 26, será servido o café da manhã as 6 horas, em seguida acontece a abertura oficial do evento e a largada está prevista para as 7 horas da manhã.

Os ciclistas seguem por uma trilha nas margens do Xingu até a cachoeira do Xada, um lugar deslumbrante, onde será servido o almoço. Após o almoço os ciclistas fazem atravessarão o rio e o pedal continua pela outra margem do Xingu no sentido contrário, já de volta há cidade.

Apoio:

Durante o trajeto os participantes terão total apoio, a organização disponibilizara placa de identificação, medalha de participação, frutas, caldo de cana, água e rapadura. Terá serviço de apoio como, mecânico, carro para apoio, cata-osso, moto para comunicação, médico, loja móvel com peças e um seguro de vida para cobrir algumas despesas danos no caso de acidente ou no caso de morte.

Durante o percurso os ciclistas acompanhados de integrantes da secretaria de meio ambiente de São Félix, realizaram ações ambiental com plantação de mudas. O projeto ambiental realizado durante o pedal é uma parceria dos Kalangos do Pedal com o projeto voluntariado da Vale. Em 2016 foram distribuídas mil mudas, todas plantadas pelos participantes do Cicloturismo Expedição Xingu. A ação ambiental foi votada e ficou entre os 10 projetos do voluntariado Vale em todo Brasil.

O site “Roserval Ramos”, falou com os organizadores do evento, Gustavo Gomes e Anderson Brandão (BIG), e eles falaram da importância do projeto Expedição Xingu, “quando começamos a realizar esse evento a três anos, sabíamos que seria uma boa iniciativa, só não sabíamos que a Expedição Xingu tomaria uma proporção desse tamanho, somos muitos felizes em poder receber tantos ciclista de toda parte do Brasil, sem contar com as amizades construídas ao longo desses anos. Além de ser um esporte que faz bem para a saúde, através dele conseguimos contribuir com a natureza”, afirmou Gustavo Gomes.

Fotos: Kalangos do Pedal

Texto: Roserval Ramos

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo