Notícias

Comitiva de Xinguara composta por políticos e produtores luta pelo fim do Funrural em Brasília

Na quarta-feira, 3 de maio, uma comitiva de Xinguara participou em Brasília da audiência pública para tentar reverter a decisão do Superior Tribunal Federal (STF) de declarar a institucionalidade da cobrança do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural).

18222208_465057677166964_3078375241770808378_nLicenciado do cargo de prefeito de Xinguara, Osvaldinho Assunção, compôs a comitiva que conta com o Sindicato Rural de Xinguara, produtores locais, cooperativas, proprietários de frigoríficos da região e políticos que lutam para a extinção do Funrural.  De acordo com os produtores a cobrança do imposto traria grandes prejuízos para a classe produtora, resultando também em demissões no campo.

Osvaldinho Assunção ao lado do presidente do Sindicato Rural, Joel Lobato, e representantes da comitiva também participaram de diversas reuniões com senadores e deputados onde discutiram o tema e solicitaram apoio à classe.

Funrural

Criado por Lei Federal em 1991 para incentivar o pagamento da previdência dos trabalhadores rurais, o Funrural determina retenção de 2,1% em imposto sobre a arrecadação bruta de cada produção. A legislação foi declarada inconstitucional pelo STF em 2011. Contudo, no último dia 31 de março, o STF mudou essa decisão e os produtores devem voltar a pagar o imposto.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo