NotíciasSaúde

COVID-19: O Auxilio Emergencial do governo federal tem sido o ápice das aglomerações

Prevenção, Aglomeração e Transmissão Comunitária, são os pontos de discussão na Saúde pública de Xinguara

Caixas Econômicas e Lotéricas têm sido os pontos mais críticos a serem controlados para se evitar aglomeração, filas gigantescas são formadas por pessoas que vão à busca do Auxilio Emergencial do governo federal. Isso tem causado muito trabalho para as equipes de combate ao novo Coronavírus (COVD-19).

Nossa equipe tem acompanhado essa movimentação no município de Xinguara que, conta com uma Caixa Econômica e duas Lotéricas. Todos os dias Xinguara têm recebido em numeras pessoas de outros municípios que não contam com serviços da Caixa Econômica Federal. Com isso, a demanda acarreta a grande dificuldade para o controle do distanciamento social e de todas devidas precauções para evitar a disseminação do vírus.

A prefeitura de Xinguara vem buscando alternativas para amenizar a aglomeração, após varias tentativas para controlar as filas, o Comitê Epidemiológico montou em frente à agência da Caixa, tendas, colocou cadeiras respeitando o distanciamento social, instalou um bebedouro, está disponibilizando álcool gel e equipes para monitorar o cumprimento das medidas de proteção à Covid-19.

As últimas medidas tomadas para controla as aglomerações e filas, tem dado resultados não só para o distanciamento, como no atendimento ao público, que tem se desenvolvido com maior agilidade.

Além de por em prática as recomendações dos departamentos de Saúde, o objetivo é proporcionar algum conforto para os beneficiários, que muitas vezes, esperam horas pelo atendimento.

Comitê Epidemiológico

Formado pelos profissionais de Saúde: Cristina Fernandes de Oliveira (Médica), Álvaro Alves da Silva (Médico), Bruna Campelo (Médica), Adriano Badotti Grassi (Farmacêutico e Diretor da UPA), Kariely Barbosa Rocha (Enfermeira), Ercilene Silva Feller (Enfermeira), e Auristela dos Santos Sousa (Enfermeira), o Comitê Epidemiológico é quem discute e define todas as ações relacionada ao combate do coronavírus no município de Xinguara. Definidas, essas ações são passadas aos órgãos que estão na linha de frente contra a COVID-19, que colocam em pratica.

Transmissão Comunitária

Infelizmente o município de Xinguara já conta com transmissão comunitária do coronavírus, para entendermos melhor o que é a diferença da transmissão comunitária para a transmissão local, falamos com a médica Cristina Fernandes que fez o seguinte relato.

“Xinguara registrou ontem, o primeiro casos de transmissão comunitária do novo coronavírus. Isso significa que, diferente dos casos de transmissão local, não é possível identificar a origem da contaminação”.

“Na transmissão local, sabe-se que uma pessoa se infectou pelo contato com outra que, contraiu o vírus após ter estado em região em que há contágio. Já na transmissão comunitária ou sustentada, não se consegue mais mapear a cadeia de infecção e saber quem foi responsável pela contaminação dos demais”.

“Nesse contexto, ressalta a secretária, as medidas de isolamento social e os cuidados sanitários que têm sido amplamente difundidos ganham ainda mais importância”.

“É preciso reduzir, ao máximo, o contato entre as pessoas e tornar rotineiras as ações preventivas, para minimizarmos a progressão do contágio. Estudos apontam que cada pessoa infectada contamina outras três”, salienta a médica.

Os números de casos de coronavírus confirmados no município de Xinguara crescem a cada dia. O Boletim Epidemiológico dessa quinta-feira, 07, de maio, informa que já são 19 casos em Xinguara. Os casos confirmados esta dentro da faixa etária entre 19 e 65 anos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar