Polícia

Delegado Luiz Antônio falou sobre as ocorrências das últimas 24 Horas

Delegado Luiz Antônio em entrevista ao Repórter Cafuringa da Silva (Rádio Xinguara)
Delegado Luiz Antônio em entrevista ao Repórter Cafuringa da Silva (Rádio Xinguara)

O delegado titular da delegacia de Polícia Civil de Xinguara, falou com a imprensa local e relatou as últimas ocorrências apresentadas na DEPOL, nas últimas 24 horas. Para o policial essas últimas horas foram tumultuadas, foram duas apresentações flagrancial, o senhor Chodeesse da Silva foi apresentado as 15:21h, da última quarta-feira (15), por uma guarnição da Polícia Militar.

Chodoesse da Silva foi apresentado sob a acusação de ter agredido fisicamente sua ex-companheira Maria do Amparo Gomes Costa, enquadrado na lei “Maria da Penha”, Chodoesse da Silva foi autuado em flagrante e se encontra a disposição da Justiça. O delegado Luiz Antônio disse que a informação que os familiares da senhora Maria do Amparo é de que Chodoesse á muito tempo vinha agredindo sua ex-companheira, por não aceitar a separação.

Outra apresentação que chamou a atenção do delegado e  também foi instaurado o inquérito flagrancial, foi a do senhor Raimundo Alves da Silva de 35 anos de idade, vulgo, “BORDADO”, Raimundo Alves foi preso em flagrante, por uma guarnição da Polícia Militar comandada pelo STG/PM J. Souza no momento da prisão Raimundo estava de posse de uma arma de fogo, uma espingarda caseira tipo “POR FORA”, e algumas munições.

No boletim de ocorrência da Polícia Militar, o SGT/PM J.Souza relatou que foi acionado por algumas pessoas que não quis ter seus nomes revelados, essas pessoas contaram para a Polícia Militar, que Raimundo Alves teria contratado um homem de nome Marcio Rodrigues da Silva de 34 anos de idade, para pilotar uma moto para ele matar o senhor Narciso Pereira dos Santos 61 anos de idade, ex-vereador do município de Água Azul do Norte. Raimundo Alves teria oferecido cinco mil reais para Marcio Rodrigues pilotar a moto na missão que resultaria na morte do ex-vereador.

O delegado Luiz Antônio disse que o acusado, Raimundo Alves da Silva possui antecedentes criminais na comarca de Xinguara e já está autuado por porte ilegal de arma de fogo, agora a Polícia Civil trabalha na investigação para saber se a historia de que Raimundo Alves iria matar o ex-vereador tem procedência. A suposta vitima está sendo aguardada para ser ouvida pelo delegado para que o procedimento policial possa ser concluído.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo