Notícias

Denúncia de Crime Ambiental em Xinguara

20150310143831 (1)Não é comum se ouvir falar que algumas empresas praticam crime ambiental, até por que, quase não se tem qualquer tipo de fiscalização por parte dos órgãos responsáveis.

Dentre várias situações, uma delas tem sido frequentemente questionada, o mau cheiro que constantemente se exala por quase toda a cidade de Xinguara, proveniente de empresas que atuam na matança e processamentos de derivados do gado. Os descuidos que são praticados por estas empresas têm levado a danos ambientais, alguns, quase irreparáveis.

20150310143910As áreas utilizadas para descarte de produtos e substancias não aproveitável, parece serem limitadas, o que leva estas empresas a buscarem áreas que, eventualmente, nem foram liberadas para este fim. Os córregos são, dentre essas áreas, alguns lugares diretamente prejudicados com a descarga de produtos danosos ao meio ambiente.

20150310143904Um morador de um sitio, às margens da BR 155, entrada da vicinal que dá acesso a Vila Duas Vendas, foi à delegacia denunciar um desses feitos. Segundo Misael Alves de Farias, um caminhão da empresa Durli Couros, por volta das 17h do dia 02, estaria descartando um “liquido” no córrego que passa dentro de sua propriedade. Ao abordar o responsável pelo caminhão teria sido informado que o veículo estava com defeito e que nada poderia ser feito para evitar a descarga do liquido naquele local.

Como o caso foi de imediato comunicado a autoridade policial, policiais civis estiveram no local, onde tiraram fotos e coletaram amostra do liquido para serem analisados.

Um dos moradores da região, disse que não se tem conhecimento de que haja fiscalização permanente por parte da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Xinguara, sobre o descarte de produtos que venham causar danos ao meio ambiente, o que facilita tais práticas. (Texto: Antônio Guimarães)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar