Descaso no Interior do Pará por parte do TJPA

60462744-b31c-4dae-acef-9a4d57e30f14Na manhã do dia 03 de junho, Advogados de Rio Maria, Xinguara, Redenção e Canaã dos Carajás fizeram uma manifestação em frente ao Fórum de Rio Maria no sul do Estado do Pará em protesto pela falta de energia no Fórum da Comarca.

No dia 23 de maio o transformador que fornece a energia elétrica do Fórum queimou e somente nessa sexta-feira cinco dias depois que a energia foi restabelecida, o que gerou muitos transtornos a todos os jurisdicionados. Após a energia ter sido restabelecida, foi constatado que o problema não havia sido solucionado, pois responsáveis pelo Tribunal de Justiça do Estado fizeram apenas uma ligação direta da energia da rede pública para as inalações do prédio, ou seja, sem o uso do medidor de energia, o que causou bastante estranheza, já que até mesmo o lacre do padrão estava violado. Para o presidente da OAB XINGUARA, Cicero Sales, tal situação no mínimo é imoral, já que ninguém no Fórum soube dizer se a ligação direta fora feita com autorização da companhia elétrica.

“A OAB subseção Xinguara não se calou frente a esse grave problemas que envolve não só os advogados mas toda população que se socorre do Poder Judiciário, pagando altíssimos valores de custas processuais sem que haja a contraprestação de serviço adequada”, disse Cícero Sales.

Mesmo a Comarca tendo ficado 10 dias sem funcionamento, o presidente do Tribunal ou a Corregedora de Justiça do Interior, não publicou nenhuma portaria suspendendo os prazos dos processos, gerando assim, insegurança jurídica quantos aos atos em andamento.

A presidente da OAB Canaã dos Carajás, Josemira Gadelha e o advogado Marcos Tavares se solidarizaram com o ato e externaram que “É um descaso o que acontece no fórum de Rio Maria, não poderíamos agir diferente, somos uma família e estaremos sempre juntos nas lutas em defesa da Classe e da sociedade”, afirmaram.

Por Roserval Ramos com informações da OAB Xinguara