Dito do Cinema (PSDB) volta a presidência da Câmara Municipal de Xinguara pela 3ª vez no seu 5º mandato

Dito do Cinema e seus aliados

Em uma disputa acirrada foi eleita na noite de segunda-feira (5), a nova mesa diretora da Câmara Municipal pela maioria dos vereadores de Xinguara para o próximo biênio 2019/2020. O vereador Dito do Cinema – (PSDB), que volta a presidência da Casa de Leis pela 3ª vez.

A precedência foi disputada pelos vereadores Dorismar Altino de Medeiros – Dito do Cinema (PSDB), que encabeçou a chapa 1, e Olair Reis da Conceição (PSB), na chapa 2. Os dois parlamentares são de partidos que compões a base do executivo municipal.

Na história das eleições para escolha da mesa diretora da Câmara de Xinguara, nunca se viu uma eleição tão disputada e tão bem articulada. Cumprindo um Projeto de Resolução os vereadores manifestaram na tribuna através do voto aberto. E por sete votos a seis, a chapa 1 composta pelos vereadores Dito do Cinema (presidente), Roberto da Yamaha (Vice-presidente) e Vilmar do Lar (secretário) venceu a disputa e vai comandar os trabalhos nos dois últimos anos de mandato.

Foram mais de uma semana de articulações por parte dos dois grupos que disputavam a mesa diretora, mas nas últimas horas antes da sessão que definiria os rumos da Câmara Municipal para os próximos dois anos, essas articulações se intensificaram, a chapa vencedora e seus quatro aliados passaram a segunda-feira inteira reunidos na casa do vereador Roberto da Yamaha que compunha a chapa como vice-presidente discutindo estratégicas para não cederem qualquer tipo de pressão que vinham sofrendo. A chapa de Dito do Cinema usou como lema de articulação dois pontos que para eles era importantes, a transparência com os gastos públicos, maior auxílio aos vereadores e servidores da casa.

Após o resultado nossa equipe falou com o vice-presidente eleito Roberto da Yamaha, que falou sobre a campanha e vitória.

Site: Vereador Roberto da Yamaha, você como principal articulador da chapa vencedora como você viu o desenrolar durante a campanha e como recebe essa Vitória?

Grupo Vencedor

Vereador: “para me, particularmente serviu de grande aprendizado, sentir de fato como as articulações funcionam, percebi duas vertentes bastante contrárias, uma que se pode construir uma vitória a longo prazo com um relacionamento amigável e sólido que foi o caso de nossa vitória, a outra é que tudo pode mudar em cima da hora por falta de solidez, a insatisfação de uma parte ou de outra pode alterar o resultado a qualquer momento, aprendi que sempre será necessário flexibilizar em algo, seja em uma ideia, seja em nossas posições, aprendi que ninguém é dono de ninguém, tudo deve ser negociado de forma que venha atender os interesses de todos, vencer é sempre muito bom, a parte ruim da vitória é que para alguém vencer, outro terá que perder, nessa situação dizer não a pessoas que você gosta e tem respeito não é muito agradável, más, faz parte do processo momentâneo, todos somos pessoas adultas que amanhã poderemos está do mesmo lado, defendendo um só objetivo, eu em quanto cidadão xinguarense, sempre farei minha parte para uma Xinguara melhor e como político nunca será diferente, obrigado aos meus pares que me confiaram a missão de compor a mesa diretora para o biênio 2019/2020”, finalizou o parlamentar.

De última hora o vereador Roberto da Yamaha deixou de ser o presidente da casa para cumprir com a palavra que tinha firmado com a chapa do vereador Dito do Cinema, isso ele deixou claro na hora em que foi na tribuna exercer o direito de votar, “deixo bem claro aqui vereador Dito, deixo de ser presidente dessa cada nesse momento para cumprir com o compromisso que fiz com você, bastaria aceitar o convite da chapa 2 e seria o presidente agora”, afirmou Roberto da Yamaha.

Dito do Cinema será presidente da Câmara Municipal de Xinguara pela terceira vez, comandou a casa nos biênios: 2013/2014 e 2015/2016 e teve suas contas aprovadas pelo Tribunal de Contas do Pará (TCM-PA) dos anos 2013 , 2014 e 2015, aguarda agora do Tribunal o julgamento das contas de 2016.

A população xinguarense compareceu ao plenário da câmara mais afinada com os decisões políticas locais aguardou até os últimos instantes e assistiu boa parte da articulação dos vereadores que foram candidatos aos cargos.

Atual presidência

O atual presidente Adair Marinho, que voltou na chapa derrotada, na sua fala quando usou a tribuna disse que, “estou deixando o cargo no dia 31 de dezembro e saio de cabeça erguida e alma lavada, pois acredito eu que fiz um bom trabalho, fiz importantes aquisições e obras para essa Casa de Leis do legislativo de Xinguara, como a ampliação do prédio da Câmara Municipal com um centro administrativo e uma bela Praça com estacionamento em frente ao prédio, desejo boa sorte a nova mesa diretora e espero de coração que o novo presidente possa fazer melhor do que eu”, afirmou.

Toda articulação para a disputa pela presidência da câmara pode ser o retrato das eleição municipais de 2020. É de conhecimento de todos que alguns integrantes da nova diretoria pretendem disputar o cargo do executivo. Por isso o grupo que tem melhores articuladores e com maior estratégia terá influência direta nas decisões os rumos da política xinguarense.

SEM COMENTÁRIO