Polícia

Dois casos de estelionatário foram registados na DEPOL de Xinguara

Duas pessoas compareceram na delegacia de polícia civil de Xinguara na manhã desta segunda-feira (20), onde se encontra de plantão, o delegado Dr. Luiz Antônio, para levar ao conhecimento da autoridade policial que suas contas bancaria teriam sido movimentadas seu seus conhecimentos.

O primeiro caso foi registrado as 08:34h, por Izaias de Souza Carvalho, Izaias relatou perante a escrivã de polícia civil, Flaviane Rocha, que ao chegar na agência do BANCO DO BRASIL de Xinguara tomou conhecimento que dois saques havia sido feito em sua conta. Um saque no valor de duzentos reais efetuado de sua conta corrente e outro no valor de quatrocentos reais efetuado da sua conta poupança. Os tais saques foram feitos em uma agência na cidade de Osasco/SP. Izaias disse no B.O que não autorizou os saques, por isso teme que seu cartão tenha sido clonado.

A outra comunicação de estelionato foi feita por José Arrais Martins, as 09:22h, José Arrais relatou no boletim de ocorrência que ao chegar na agência do banco BRADESCO na cidade de Tucumã para sacar o dinheiro da sua aposentadoria, tomou conhecimento de um empréstimo feito em nome, empréstimo este formalizado no contrato de numero, 530014234, no valor de 6.622.15 R$ (seis mil seiscentos e vinte dois reais e quinze centavos), o valor do empréstimo foi divido em 60 parcelas, com o vencimento da primeira parcela para o dia 07/01/2013 e a última parcela com vencimento para 01/12/2018.

Segundo o delegado Dr. Luiz Antônio que esse tipo de crime acontece com frequência e como é um crime cibernético, praticados por pessoas que clonam cartões de créditos deverem ser investigados, mas é uma investigação para a PF, Polícia Federal.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo