PolíciaXinguara

Em Operação denominada “FIMA DA LINHA” Polícia Civil de Xinguara prende o assassino do moto taxista Eurípedes

20150921125054No ultimo dia 14 de Setembro de 2015, a vitima Eurípedes Morais de Siqueira, foi brutalmente assassinada pelo acusado Mario Silva de Almeida.

No dia do crime o acusado tomou os serviços da vitima, que é moto taxista, no ponto de moto táxi do terminal rodoviário, pedindo que lhe levasse até a represa do setor Mariazinha. A vítima sem saber que fazia sua última corrida, saiu do ponto onde trabalhava na sua moto YAMAHA YBR COR VERMELHA PLACA NTA 0520, levando na garupa o homem que lê tirava a vida de forma cruel.

Ao chegarem ao destino, o acusado, ainda na garupa da motocicleta, sacou de uma faca que portava em seu bolso, segurou a cabeça da vitima e cortou-lhe profundamente o pescoço, quase arrancando sua cabeça fora.

Desnorteada Eurípedes desceu do veiculo e tentou tirar seu capacete, foi quando veio a cair ao chão. Naquela ocasião, com o sangue frio de um assassino, MARIO se aproximou e vendo que a vitima agonizava ainda desferiu mais duas facadas contra seu tórax, atingindo o coração uma terceira facada foi desferida no abdome do moto taxista que não voltava com vida para sua família. A vitima ainda tentou correr, mas caiu próximo a um bueiro e morreu em seguida. O acusado, após tirar a vida de Eurípedes, roubou sua motocicleta e evadiu-se do local.

Moto da vitima
Moto da vitima

Diante dos fatos, o Delegado José Orimaldo Farias, instaurou o competente inquérito policial, e deflagrou a Operação “FIM DA LINHA” determinando que os investigadores Amilcar Viana, Edson Pojo e Jessica Barbosa, encabeçassem as investigações.

Sob o comando do delegado ORIMALDO a operação “FIM DA LINHA” obteve êxito, pois em meio às investigações descobriu-se que após matar a Eurípedes e roubar sua motocicleta, o acusado seguiu para a residência de sua genitora, na Vila Monte Castelo, onde tirou os adesivos característicos de moto táxi do veiculo, bem como sua placa e foi embora do local.

Após, as investigações deram conta de que o assassino estaria escondido no assentamento Cristalina, na zona rural de Santana do Araguaia, razão pela qual a equipe de policiais da DP de Xinguara montou uma diligencia policial e em veículos descaracterizados, se deslocaram até à localidade, onde, após levantamento realizado, identificou-se a residência onde o acusado MARIO estaria escondido.

O local foi cercado, o que impossibilitou nova fuga do acusado, era realmente “O FIM DA LINHA” para o criminoso, que foi preso e conduzido para esta unidade policial, o qual, naquela ocasião, ainda estava em poder do veiculo que roubara.

Em seu depoimento Mario confessou com a máxima riqueza de detalhes possíveis, a autoria delitiva, dizendo que no dia do crime já saiu de casa inclinado a matar alguém, pois estava dominado por um espírito do mal. O acusado será transferido para o Presídio de Marabá, já que é considerado preso de alta periculosidade. A vitima era moto taxista, tinha mais de 50 anos e deixou vários filhos. Para o delegado Orimaldo, crimes não podem ficar em pune, principalmente dessa natureza, a resposta foi dada a sociedade o mais rápido possível, esperamos que este assassino passe um bom tempo na prisão e pague pelo crime que cometeu, disse o DPC. (Fonte: Polícia Civil -Xinguara/PA).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo