JustiçaNotícias

Em Parauapebas, justiça concede liberdade ao empresário que matou namorada

A Justiça concedeu liberdade ao empresário Alessandro Camilo de Lima, acusado de assassinar Ana Karina, o crime que aconteceu a 7 anos em Parauapebas na região sudeste do Pará foi de grande repercussão. A notícia de que o principal responsável pela morte da filha deixou dona Maria Iris e toda família bastante revoltados.

A mãe de Ana Karina falou com a imprensa e disse que, “isso caiu como uma bomba, tanto para mim quanto para toda a família e todos amigos, estamos todos muito revoltados com essa situação”, afirmou Maria Iris.

Corpo de grávida teria sido esquartejado e jogado no
Rio Itacaiunas. (Foto: Reprodução/TV Liberal)

Alessandro Camilo é acusado da morte de Ana Karina Matos Guimarães, ocorrida em maio de 2010, em Parauapebas, na época a jovem estava grade de 9 meses, Alessandro confessou o crime e disse que contou com a ajuda de dois comparsas para cometer o assassinato, a vítima esquartejada e colocada dentro de um tambor com pedras e joga no Rio Itacaiunas, o corpo nunca foi encontrado.

A quinta turma do Tribunal Superior de Justiça (TSJ), por unanimidade concedeu “Habes Corpus” a Alessandro, o empresário está preso a sete anos e seis meses, agora o acusado deve aguardar o julgamento em liberdade.

Florentino de Sousa Rodrigues

Em 2013, a Justiça condenou a mais de 20 anos de prisão, Florentino de Sousa Rodrigues por ter intermediado o assassinato, além de Alessandro Camilo, mais duas pessoas acusadas de envolvimento no caso aguarda julgamento, o homem que teria executado o crime continua preso e a noiva de Alessandro, que teria planejado a morte de Ana Karina responde o processo em liberdade.

Para a mãe de Ana Karina o sentimento é de impunidade, “no estado do Pará não temos justiça, enquanto eu estiver vida vou esperar por justiça com a ajuda dos meus amigos como sempre”, desabafou dona Maria Iris.

Em nota a superintendência do sistema penitenciário do estado informou que, Alessandro Camilo de Lima, ainda está sobe custodia no Centro de Recuperação Penitenciário de Santa Isabel do Pará, o preso permanece a disposição da Justiça.

Com informação do Bom dia Pará

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo