Estado identifica problemas em estradas e inicia ações de recuperação

Após as fortes chuvas que têm prejudicado o acesso e a trafegabilidade em algumas rodovias do Pará, a Secretaria de Estado de Transporte (Setran) já identificou e iniciou as ações para recuperar a trafegabilidade das vias. O monitoramento da Secretaria é contínuo e acontece em mais de 7.000 km para garantir, principalmente, o direito de ir e vir dos cidadãos.

Até o momento, sete rodovias estão com problemas. A PA-127 teve a interrupção de uma faixa da via em dois trechos. No Km 1, de Igarapé-Açu a Maracanã e no Km 16, da BR-316 a São Domingos do Capim. A interrupção ocorreu após o rompimento das cabeceiras dos bueiros de drenagem. No local, ações emergenciais estão sendo planejadas.

Na PA-380, do trecho da BR-361 a Bonito, uma tubulação elevou parte da pista, que foi interrompida, funcionando apenas uma faixa. A situação será analisada para realizar o planejamento da intervenção. Há risco de rompimento total da pista, que encontra-se sinalizada no local de interdição.

Já na PA-275, o deslizamento de terra ocorrido ainda interrompe uma faixa da pista, no km 11 entre Eldorado do Carajás e Curionópolis. A Setran continua com equipes e máquinas no local, que retiram a terra após novas chuvas, mantendo, assim, as condições de trafegabilidade.

No trecho de São Geraldo do Araguaia a Piçarra, na PA-477, as fortes chuvas e o movimento intenso de caminhões de carga estão provocando atoleiros. Uma equipe da Setran está no local para dar condições de trafegabilidade ao trecho. Estão sendo construídos desvios nos pontos de alagamento. A Rodovia, que estava passando por obras de pavimentação, está com as obras interrompidas por conta das fortes chuvas.

No Km 12 da PA-256, no trecho entre a BR-010 e o Rio Capim, houve um rompimento, mas que não impediu o acesso a Paragominas por conta de uma forte enxurrada na madrugada desta quinta-feira (12). A rodovia acabou de ser reconstruída, estando em fase de finalização do meio fio.

A PA-279, que liga os municípios de Água Azul do Norte, Tucumã, Ourilândia do Norte e São Félix do Xingu; a PA-327, que atende os municípios de Conceição do Araguaia e Santa Maria das Barreiras; a PA-449, que passa pelos municípios de Pau d’Arco, Floresta do Araguaia e Conceição do Araguaia; a PA-463 em Santa Maria das Barreiras e Santana do Araguaia; a PA-287 em Cumaru do Norte, Redenção e Conceição do Araguaia e a PA-447 em Conceição do Araguaia, estão recebendo serviços preventivos de conservação.

Na PA-125, duas pontes localizadas no perímetro urbano de Paragominas, inauguradas no final do ano passado, foram cobertas pelas águas do Rio Uruaim, assim como uma ponte localizada na PA-256.

Na semana passada, o Governo do Estado decretou situação de emergência em 15 municípios paraenses, em virtude das fortes chuvas que têm caído em toda a região Norte. O período tem aumentado os índices pluviométricos desde o início deste ano, causando o transbordamento de rios e inundações em várias localidades.

Equipes da Defesa Civil estadual tem acompanhado de perto a situação. A medida, que entra em vigorar por 180 dias, foi decretada nos municípios de Água Azul do Norte, Bannach, Conceição do Araguaia, Cumaru do Norte, Eldorado do Carajás, Itupiranga, Marabá, Oriximiná, Redenção, Pau D’Arco, Rio Maria, São Félix do Xingu, Santa Maria das Barreiras, Tucumã e Xinguara.

Texto: Heloá Canali/Agencia Pará

SEM COMENTÁRIO