Notícias

Ex-ministra do Planejamento Miriam Belchior é a nova presidente da Caixa

Ela está no governo desde a 1ª gestão Lula e substitui Jorge Hereda.
Ex-ministra poderá ajudar a abrir o capital da Caixa Econômica Federal.

(Alexandro Martello Do G1, em Brasília)

Jorge Hereda deixa a presidência da Caixa após quatro anos no cargo (Foto: Darlan Alvarenga/G1)
Jorge Hereda deixa a presidência da Caixa após
quatro anos no cargo (Foto: Darlan Alvarenga/G1)

A ex-ministra do Planejamento Miriam Belchior foi confirmada nesta terça-feira (10) pelo Planalto como a nova presidente da Caixa Econômica Federal no lugar de Jorge Hereda, que deixa o cargo depois de quatro anos. A cerimônia de posse será no dia 23 de fevereiro.

“A presidenta Dilma agradeceu a dedicação, a competência e a lealdade de Hereda, que permanecerá na instituição até a conclusão de uma transição e a formação da nova equipe”, diz nota divulgada pela Presidência.

Com 57 anos, Miriam Belchior está no governo desde o início da gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003. Em 2002, ela participou da equipe que fez a transição do governo de Fernando Henrique Cardoso para o de Lula. Atualmente, faz parte do Conselho de Administração da Petrobras.

Abertura de capital
No comando da Caixa Econômica Federal, a ex-ministra poderá ser a responsável por comandar o processo de abertura de capital da instituição financeira – ou seja, o banco passará a ter ações negociadas na Bolsa de Valores.

A informação da abertura de capital da Caixa foi dada no fim do ano passado pela presidente Dilma Rousseff. Na ocasião, ela havia dito que esse processo ainda iria demorar.

Antes de ser ministra, cargo que assumiu em 2011, quando se emocionou, Miriam foi coordenadora do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), cuja gestão passou para o Planejamento. Ela era secretária-executiva do PAC, quando substituiu na função a presidente eleita, Dilma Rousseff, que coordenava o programa na condição de ministra da Casa Civil.

No primeiro governo Lula, ela foi assessora especial do presidente até junho de 2004 e também auxiliou o governo na integração dos programas sociais.

Depois, foi chamada pelo então ministro da Casa Civil, José Dirceu, para desempenhar a função de subchefe de Avaliação e Monitoramento da pasta.

Vida política e formação
Oriunda dos movimentos sociais, Miriam Belchior iniciou a vida política no ABC paulista. Engenheira de alimentos, formada pela Universidade de Campinas (Unicamp), ela se tornou mestre em Administração Pública e Governamental pela Fundação Getulio Vargas (FGV), de São Paulo, com a  dissertação “A Aplicação do Planejamento Estratégico Situacional em Governos Locais: Possibilidades e Limites – os casos de Santo André e São José dos Campos”.

Entre 2001 e 2008, foi professora da Fundação de Pesquisa e Desenvolvimento de Administração, Contabilidade e Economia (Fundace), ligada à Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (USP), em Ribeirão Preto. Entre 1999 e 2002, lecionou na Universidade São Marcos, em São Paulo.

Miriam foi casada por dez anos com o ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel, assassinado em 2002, após ter sido sequestrado em 18 de janeiro daquele ano. Os dois já estavam separados quando aconteceu o crime.

De janeiro de 1997 a dezembro de 2000, ela foi secretária de Administração e Modernização Administrativa da Prefeitura de Santo André, e, de janeiro de 2001 a novembro de 2002, secretária municipal de Inclusão Social e Habitação.

Na Prefeitura de Santo André, coordenou ainda o Programa de Modernização Administrativa, selecionado como uma das 100 melhores práticas públicas do mundo pela ONU em 2000.

Caixa Econômica Federal
A Caixa Econômica Federal, instituição financeira 100% pública, foi fundada em 1861. É o maior banco totalmente público da América Latina.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo