NotíciasPolíciaPolítica

Ex-prefeito de Pacajá é preso em operação do MPPA

O ex-prefeito de Pacajá, Antônio Mares Pereira, foi preso no sábado (20) durante operação do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), com apoio da Polícia Militar. A ação cumpriu mandado judicial de busca, apreensão e prisão. Ele é suspeito de praticar diversos crimes, quando era titular da prefeitura da cidade no sul do Pará. Entre eles, o desvio de bens e de recursos públicos, além de formação de quadrilha.

Antônio Pereira foi eleito em 2012 para a prefeitura de Pacajá e deixou o cargo em dezembro de 2016. Ele já havia sido afastado do cargo pela Justiça em 2015, a pedido do MPPA, em razão de inúmeras denúncias de irregularidades no manuseio dos recursos públicos da prefeitura.

Além do ex-prefeito, foram presos sua esposa, Gesilda Pereira, que é ex-secretária municipal; Ronaldo Santos, ex-vice-prefeito; e o ex-secretário de educação, identificado como Alexsandro. Todos foram encontrados em suas respectivas residências.

Apreensões: Na residência do ex-prefeito, a equipe do MPPA encontrou vários documentos pertencentes à Prefeitura Municipal. “Eram tantos documentos que foram necessárias duas picapes para transportá-los e devolver à Secretaria de Administração”, disse o procurador Nelson Medrado.

Todos os suspeitos serão transferidos até este domingo (21) para casas de detenção em Marabá e Tucuruí, no sudeste do Pará.

(G1PA)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar