NotíciasPolícia

Feminicídio: Homem acusado de matar a esposa no município de Xinguara, foi preso pela PC

Aldenora Pereira Galvão, entra para a triste estatística de Feminicídio no Pará

Luís José Frazão, de 52 anos de idade, popularmente conhecido como “De Noite”, foi preso na segunda-feira (17), por policias civis da equipe do Delegado Max Müller de Melo, acusado de ter matado a própria esposa, Aldenora Pereira Galvão, com um tiro de espingarda na cabeça. Luiz e Aldenora estavam casados a 11 anos.

Arma usada no crime

O crime ocorreu no último domingo (16), por volta das 10 horas da manhã, na fazenda Água Fria. A arma que o acusado usou para tirar a vida da esposa, foi uma espingarda calibre 28, que, após ser preso e confessar a Polícia que matou por ciúmes, Luiz contou a Polícia onde teria escondido e acompanhado dos policiais ele foi até ao local, onde a espingarda foi encontrada e apreendida.

Assim que aconteceu o crime, os moradores comunicaram o fato às autoridades. A Polícia Civil foi informada, logo uma equipe da Delegacia de Xinguara, sob o comando do Delegado Max, acompanhada de agentes funerários seguiram para a fazenda informada. Costadas as veracidade dos fatos, os policias fizeram os levantamentos de local do crime e liberou o corpo para os agentes fazer a remoção. Em seguida as buscas foram iniciadas na região próximo ao local do crime, e principalmente na estrada da fazenda Rio Vermelho que, liga a BR 155, ao Distrito São José do Araguaia na divisa do Pará com o Tocantins.

Como a distância entre a sede do município e o local do crime é de pouco mais 80 KM, os policiais acreditavam que poderiam obter êxito na captura do acusado. No dia seguinte ao crime as diligencias continuaram, uma caminhonete Mitsubishi L200 que transitava por uma das vicinais, foi abordada pelos policiais, para a surpresa deles, Luís Frazão estava no veículo. Ele recebeu voz de prisão e sem alguma reação a prisão foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil para a lavratura da prisão em flagrante.

As diligencias que resultou na captura do acusado foi realizada por uma equipe da PC, composta pelo delegado Max Müller e os investigadores Dênis e Roger e os escrivães Paulo e Hugo. (Com informações da PC.)

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo