Notícias

Fogo destrói pastagem e reserva florestal de fazenda no sul do Pará

O fogo que começou dentro do Acampamento João Canuto, antigo Retiro Gueirobal da Fazenda Rio Vermelho, por ato de irresponsabilidade já destruiu mais de mil alqueires de pastagem e grande área de reserva florestal das Fazendas Rio Vermelho e Colorado de propriedade do Grupo Quagliato, na região sul do Estado do Pará.

O senhor Lindomar Luiz Sarti, gerente da Fazenda compareceu na manhã dessa sexta-feira 15 de setembro, para comunicar os danos causados pelo fogo que é incontrolável. O gerente relatou para a autoridade policial que, no dia 11 tomou conhecimento de que havia foco de incêndio na fazenda, o incêndio iniciou-se no dia 10 no Acampamento João Canuto, onde vivem varias famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra. De lá o fogo se alastrou para a Fazenda Rio Vermelho e posteriormente para as propriedades vizinhas.

Lindomar Luiz afirmou também que, desde o dia 11 uma grande equipe de funcionário das fazendas tenta controlar o fogo, mas na proporção em que se encontra é impossível apagar. Segundo o gerente que no momento em que ele saiu da fazenda para vir a Delegacia o fogo havia acabado de adentrar em mais uma reserva florestal, Lindomar relatou que na última avaliação feita por alto, o fogo já tinha devastado aproximadamente 350 de pastagem da Rio Vermelho e pelo menos 450 da Colorado, mas o fogo ainda continuava queimando, sendo que, esses números podem ser bem maior.

“O gado das propriedades atingidas está sem alimentação e centenas de animais silvestres morreram queimados e parte das reservas naturais das propriedades foram destruídas pelo fogo que queima descontroladamente”, afirma Lindomar Luiz Sarti.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo