FREE FIRE: Jovem de 19 anos publica ameaças de ataque a escolas e é pego pela polícia

A população de Xinguara, sudeste paraense, viveu na manhã desta quinta-feira, 25, um susto com a circulação de uma mensagem em grupos de whasapp, onde constavam ameaças de ataque às escolas Dom Luiz e Pedro Mota.

O diretor da Escola Estadual de Ensino Médio Dom Luiz, Alaercio Neto, disse que tomou conhecimento da mensagem por meio de um vídeo que chegou ao seu conhecimento e, que, de imediato, repassou a situação à direção da 22º URE, ao Ministério Público e as Polícias Militar e Civil. Disse ainda que procurou tranquilizar os alunos e funcionários da escola, a partir das providencias tomadas, inclusive publicando uma nota na página da Escola, no facebook.

O serviço de inteligência da Polícia Militar fez um trabalho de buscas, logo chegando ao autor da publicação das ameaças, que o seguiu e fez a abordagem dele na rua principal do setor Chácaras.

Na conversa, com trama assustadora, [texto na integra, abaixo] os amigos, sendo um maior de idade e um adolescente, diziam:

“Personagem” 1 – e ai mano

“Personagem” 2 – Eai mano qual foi

1 – Queria fala oque cmg?

2 – Ou mando tava com umas ondeias ai so pq to precisando de umas ajuda sua Mas vai rola muito morte

1 – pode contar cmg parça

Com nos não tem ideia errada não

2 – tava pensando ai em nos fazer que nem aquele mlk que matou a galera na escola lá e nos fazer o msm mas nos tem que mata mais gente que ele Pra nos ganhar muita fama

E todos olha pra nos que nos tamos especiais tmbm

1 – Bora colocar isso em ação

Cansei de ser zoado mano

Bora Meter o terror no Dom Luiz

2 – Temos que consegui um carro e umas armas nos começa no Dom Luiz e vai pro Pedro Mota

1 – Carro eu já tenho

Tenho um revolve

É uma machada aqui

Faca temos

Bora fazer um massacre

2 – Tamos Duo nessa

Vou cortar a cabeça do diretor

1 – Vou comprar minha arma amanhã e nos faz isso pela segunda feira as 9:40 da manhã

2 – Sexta feira 8 hrs Vamos entrar de sala em sala e Começar pelos 3 anos

1 – Segunda mano temos que ver direito que não vai ter nenhum policial na rua

2 – Vai morre todo mundo

O maior massacre E depois o que nós faz?

1 – #maiomassacredetodosostemposfreefireduo

2 – O maior massacre de free fire em Vida real

1 – Se matamos

2 – Ao mesmo tempo

1 – Nos se atira ao mesmo tempo

2 – Fechou amanha nos combina

Pessoalmente aqui em casa

1 – Jae mando deixa ninguém sabe desse mosso planos não.

Para Kleydejany da Silva Sarapião, 19, mentor da ideia, tudo não passou de uma brincadeira de mau gosto, tendo alegado que a conversa foi realizada por eles, na noite de ontem, quarta, 24, sendo enviado um vídeo produzido por ele, com o teor da conversa, para um grupo de whatsapp, onde fazem parte alunos e uma professora.

Em depoimento ao delegado José Orimaldo Farias, Kleydejany disse que produziu o vídeo que veio a circular de forma rápida, com o teor da conversa e, segundo ele, “era uma brincadeira para assustar os alunos da escola onde estuda e pessoas da cidade toda”.

Foi lavrado um TCO – Termo Circunstancial de Ocorrência e Kleydejany, assim como o adolescente, foram liberados.

Texto: Antonio Guimarães

Nota de Esclarecimento.

SEM COMENTÁRIO