Esporte

Goleiro cobra meio milhão de reais do Paysandu

O arqueiro Andrey foi contratado no início do ano como candidato a titular absoluto do Paysandu. O tempo passou e o goleiro não vingou. Ao contrário. Fez apenas nove jogos e agora retorna aos holofotes por motivos extracampo. Andrey acionou a justiça alegando que não recebeu o valor total da rescisão contratual, mas este fato é contestado pelo jurídico do clube. Ele pede R$ 509 mil.

“Ele assinou na frente do advogado. Já providenciamos a reunião desses documentos assinados por ele. Toda contestação da defesa será em cima disso”, explicou Alexandre Pires, do departamento jurídico bicolor.

Andrey deixou o Paysandu no final do primeiro semestre. Antes, disputou o Estadual, Copa Verde, Copa do Brasil e alguns jogos da Série B. O julgamento inesperado aconteceu na manhã desta terça, na 14ª vara trabalhista do TRT. Mas o resultado final foi adiado e a próxima audiência transferida para o mês de abril do ano que vem. Tempo suficiente para o goleiro, que deixou o Paysandu para defender o Boa Esporte, municie-se de provas concretas.

Em dois anos, esta é a segunda ação trabalhista movida contra o Paysandu. A primeira foi do ex-zagueiro Lacerda, mas o clube venceu com o argumento do abandono de emprego.

(Luiz Guilherme Ramos/Diário do Pará)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo