Polícia

GOT de Xinguara prendeu uma quadrilha com droga na PA 279

Acusados (Fotos: PM/GTO)
Acusados (Fotos: PM/GTO)

Uma guarnição do Grupo Tático Operacional (GTO), do 17º BPM, Batalhão de Carajás de Xinguara, por ordem do comando foi designada para reforçar o policiamento de outra guarnição também do Tático de Xinguara, que estava em missão na PA 279, sentido Xinguara a Ourilândia do Norte, que fica a 160 quilômetros do comando.

Quando a guarnição chegava a Ourilândia do norte por vota das duas horas da manhã, mais precisamente em frente ao aeroporto de Ourilândia do Norte, um carro Fiesta de cor prata, placa JOG – 6014, de Sergipe, chamou a atenção dos policiais, que decidiram a abordar o veiculo, após a abordagem, os policiais fizeram uma revista minuciosa no interior do carro, para concretizar a suspeita os militares encontraram debaixo do banco traseiro do Celta, dois tabletes de pasta base de “COCAINA”, cada tablete pesando aproximadamente um quilo.

1000933_10201445840737154_1470798060_nOs quatro ocupantes do carro foram presos em flagrante por trafico de drogas, Vanderson Nascimento de 26 anos de idade, Huemer Alves 21de anos, Wesley Batista 30 anos e Francisco Wanderson 28 anos, que conduzia o veiculo no momento da abordagem, foram apresentados na delegacia de Polícia Civil de Ourilândia do Norte, onde vão ser autuados em flagrante por trafico de entorpecente e ficar a disposição da Justiça. A informação passada pela Polícia Militar, e de que os quatro homens são da cidade de São Félix do Xingu.

Guarnição que efetuou a prisão
Guarnição que efetuou a prisão

Além da droga foi apreendido com os acusados, 352 reais em dinheiro e quatro aparelhos de telefone celular, o dinheiro e os telefones também foram apresentados na DEPOL. Segundo informações do sargento que comandou a operação, no momento em que os homens estavam sendo presos, ele ofereceram 15 mil reais para a guarnição, para que não fossem presos, o que complicou mais ainda a situação deles.

“Para o trafico organizado pode até ser pouco, mas são dois quilos de drogas a menos que poderia estar nas ruas contribuindo para a destruição de algumas famílias”. Parabéns ao Grupo Tático Operacional de Xinguara pelo trabalho que vem desenvolvendo junto à sociedade do Sul do Pará.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo