Polícia

Homem é preso minutos depois de tomar uma moto de assalto em Xinguara

IMG-20150324-WA0091Um homem foi preso pela Polícia Militar de Xinguara na noite da última terça-feira (24) de março. A prisão aconteceu  nas proximidades do ginásio de esporte no centro da cidade. O homem preso é acusado de assalto à mão armada e por porte ilegal de arma de fogo.

Uma guarnição da Polícia Militar fazia ronda rotineira pelas Ruas da cidade quando avistou o acusado que estava em uma moto BIZ em atitude suspeita, então os policiais resolveram abordar o tal homem, mas ele empreendeu fuga, passando a ser perseguido pela viatura.

Durante a fuga o homem tentou livrar-se de uma arma de fogo tipo pistola 765 FND 50002 prateada com sete projeteis intactos, jogando a mesma no mato. Em seguida foi rendido pelos policiais que deram voz de prisão e posteriormente algemaram o suspeito e conduziram para delegacia de Polícia Civil de Xinguara.

Após ser apresentado na DEPOL, a situação do tal homem se complicava cada vez mais, você vai entender o porquê, no momento da apresentação ele disse se chamar Sebastião Braz da Silva, em seguida uma mulher de prenome Marcilene, que se apresentou como esposa do preso, disse que o nome dele era Antônio Carlos Santana. Mas em seu depoimento na manhã dessa quarta-feira, ele disse que seu nome correto é, Antônio Braz da Silva, quando perguntado sobre o nome que sua esposa deu na DEPOL, ele disse não saber o motivo que levou ela mentir.

De acordo com a guarnição da polícia, a moto BIZ cor preta placa NSF 76 18, ele tinha acabado de tomar de assalto da jovem, Thais Gabriela Soares, de 26 anos de idade. Ao ficar sabendo que sua moto foi recuperada, Thais compareceu na delegacia para prestar depoimento e pegar sua moto de volta. No depoimento a moça contou que viveu momentos de terror, segundo ela, o acusado lhe abordou e com a arma em suas costas passou a lhe ameaçar de morte, dizendo, passa a moto por que se não eu te mato, muito nervosa ela desceu da moto e entregou a chave ao assaltante, que, evadiu-se do local em direção a BR 155, porem não levou o seu celular, imediatamente ela acionou o 190 informando o ocorrido e seguiu para a delegacia. “Rapidamente os policiais militares diligenciaram e conseguiram prender Antônio que estava conduzindo a referida moto na contramão da Avenida tapajós”.

A operação contou com a Participação do Sargento Milton e o soldado Alex Oeiras e de uma guarnição do Grupo Tático Operacional (GTO), composta pelos policiais André, Ferreira e Fábio. (Texto: Roserval Ramos e Fotos: PM)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo