Homem mata ex-mulher e deixa ex-cunhado ferido em Sapucaia e é preso horas depois do crime

Wellington Rodrigues de Oliveira, (Foto: PM).

Acusado de cometer crimes de feminicídio e lesão corporal contra a ex-mulher e o ex-cunhado, na cidade de Sapucaia na região sul do Pará, Wellington Rodrigues de Oliveira foi preso por policiais do 17º BPM Batalhão de Polícia Militar de Xinguara horas depois do crime.

Wellington é acusado de ter desferido golpes de faca contra duas vítimas, sendo sua ex-mulher Juliana Lima do Nascimento e o irmão dela Walmir Lima do Nascimento. O fato foi constatado por uma guarnição da Polícia Militar de Sapucaia, que, foi acionada via celular.

Juliana e Walmir, foram socorridas por populares e levadas para o Hospital Municipal de Sapucaia – HMS, Juliana não resistiu e veio a óbito devido à gravidade dos ferimentos, seu irmão recebeu atendimento médico e passa bem. Após diligências em busca do acusado a equipe do sargento Teles comandante de Sapucaia obtive informações de que o acusado teria saído em fuga pala BR 155, sentido a cidade de Xinguara, usando uma motocicleta FAN VERMELHA.

De imediato a informação foi repassado ao comando do 17° BPM, de posse das informações a guarnição sob comando do 2º SGT Filho, saiu em busca do acusado e tendo êxito na diligencia fez a captura do acusado.

A arma usada por Wellington para cometer o crime foi encontrada pela Polícia de Sapucaia, no local do crime. O comandante da PM de Sapucaia, SGT Teles, ao chegar em Xinguara para receber o acusado, ao invés de leva-lo para o município de Sapucaia, onde cometeu os crimes e deveria ser apresentado a Polícia Civil daquela cidade, decidiu fazer a apresentação na Delegacia de Xinguara por medidas de segurança, pois o população de Sapucaia demonstrava insatisfação e revolta, podendo assim querer fazer justiça com as próprias mãos. Tanto o contingente policial da cidade tem número reduzido, quanto a Delegacia não oferece segurança para manter presos que cometem crimes de grande repercussão, a decisão foi deixar o preso em Xinguara aguardando a decisão da Justiça.

Com informação da PM de Sapucaia

SEM COMENTÁRIO