Polícia

Homem que matou senhor de 71 anos em Água Azul do Norte foi preso

Momento em que os acusados chegavam ao 17º BPM
Momento em que os acusados chegavam ao 17º BPM

A Polícia Militar do destacamento de Água Azul do Norte, sob o comando do Subtenente Divino, conseguiu prender nesta terça-feira 28 de janeiro, um dos homens que matou a facadas no último dia 23, o Trabalhador braçal José Alves Barbosa de 71 anos de idade no município de Água Azul do Norte.

O crime aconteceu na Gleba Pium que fica cerca de 12 quilômetros distante da cidade. Foram cinco dias de trabalho árduo da Polícia Militar até a captura do homem que matou José Alves. O responsável pela morte do senhor de 71 anos, foi o nacional Daniel da Silva Melo de 32 anos de idade, Daniel estava na companhia de um comparsa menor de idade que conseguiu fugir no momento da abordagem, tomando rumo ignorado.

Erasmo Eduardo Moura, Adriano Rodrigues de Sousa, Daniel da Silva Melo, Raimundo Pereira Rodrigues
Erasmo Eduardo Moura, Adriano Rodrigues de Sousa, Daniel da Silva Melo, Raimundo Pereira Rodrigues

Depois da prisão de Daniel da Silva, aconteceram mais três prisões, Adriano Rodrigues de Sousa de 18 anos, Erasmo Eduardo Moura de 33 e Raimundo Pereira Rodrigues de 57 anos de idade foram presos e conduzidos até a cidade de Xinguara.

O subtenente Divino a pedido dos seus superiores concedeu uma entrevista assim que chegou com os acusados no 17º BPM, de Xinguara. O subtenente disse que com as prisões que foram efetuadas desvendou não só o crime que teve José Alves como vitima fatal, mas foi desvendado também o crime onde Evaldo Carneiro conhecido como “Evaldo da Prainha”, foi morto a tiros em agosto de 2013.

Divino comandante do destacamento de Água Azul relatou os dois crimes, primeiro ele falou do caso do senhor José Alves. Segundo o policial após ter prendido Daniel da Silva Melo, os outros foram caindo como efeito dominó, Daniel confessou que Raimundo Pereira Rodrigues é o mandante, Erasmo Eduardo Moura foi quem contratou Daniel para executar o crime, Adriano Rodrigues de Sousa e um menor de idade que se encontra foragido são coautores do crime. Daniel da Silva Melo, confessou ter sido o executor dos dois crimes. O motivo que levou José Alves a morte foi apenas porque a vítima proibiu que Raimundo, que é cortador de lenha, de passar com seu caminhão por dentro de sua propriedade.

O outro crime que também ficou lucidado foi o que aconteceu em agosto do ano passado, onde Evaldo Carneiro o “EVALDO DA PRAINHA” foi assassinado a tiros, Evaldo foi morto dentro do seu carro, Corsa Preto, o crime aconteceu na vicinal Jequié. A Polícia não tem duvidas de que os autores desse crime foram Erasmo Eduardo Moura e Daniel da Silva Melo e que o crime tenha sido encomendado. Tendo Daniel da Silva confessado a Polícia que ele foi o executor dos dois homicídios.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo