Polícia

Homem que pode ser o mandante do assassinato do Personal Trainer em Xinguara está preso

Carlinhos Boi Verde (Acusado)
Carlinhos Boi Verde (Acusado)

Foi preso preventivamente na manhã desta quinta-feira (24) o fazendeiro Jose Carlos Campos Souto, conhecido como “Carlinhos da Boi Verde”, acusado de ser o mandante do assassinato do professor de academia, Tharlys Santana Silva, 28 anos, ocorrido em Xinguara em 11 de outubro de 2013, por volta das 05h50 da manhã, no momento que a vítima abria a academia para atender os clientes.

Naquele dia, dois homens que estavam em uma moto dispararam vários tiros na vítima que morreu no meio da rua. Durante as investigações, a polícia passou a suspeitar de Carlinhos como o mandante do crime, que teria sido motivado por questões extraconjugal.

Apesar do inquérito policial está sendo instaurado pela delegacia de Xinguara, o mandado de prisão e busca determinada pela justiça, foi requerido e executado pela Delegacia Regional de Redenção, tendo a frente o delegado regional Dr. Antônio Miranda Neto, que desde o dia da consumação do homicídio está acompanhando e subsidiando as investigações desencadeadas pela delegacia de Xinguara.

Ainda de acordo com informações, um dos suspeitos de ser o pistoleiro que matou Tharlys foi preso em Redenção. A reportagem deste site tentou contato com o advogado do acusado, mas este não atendeu as ligações do telefone. (Fonte: Edmar Brito).

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo