Esporte

Independente vence Parauapebas nos pênaltis e é campeão do 1º turno do Parazão 2015

Quem foi ao Estádio Navegantão, em Tucuruí, pôde acompanhar uma grande final de turno, com fortes emoções do começo ao fim da partida. Melhor para o Independente que conquistou o título diante do Parauapebas, após empate de 0 a 0, no tempo normal e a vitória, por 7 a 6, nas cobranças de pênaltis. Com isso, além de conquistar o 1º turno, o Galo Elétrico garantiu vaga na final do Parazão 2015, além de garantir vagas em competições nacionais, como a Copa do Brasil e Copa Verde de 2016, e entrar na briga direta pela vaga no Campeonato Brasileiro da Série D de 2015.

O jogo foi bastante disputado e equilibrado. Apesar do estádio completamente lotado com ingressos promocionais e com as mulheres entrando gratuitamente pelo dia Internacional da Mulher, o Parauapebas não se intimidou com o adversário e foi para cima. Juninho tentou marcar por cobertura, mas o goleiro Alencar Baú fez a defesa, bem colocado.

Os donos da casa responderam com o atacante Wegno, que por duas vezes levou perigo a meta de Paulo Rafael. Primeiro chutou em cima de Paulo Rafael, que foi buscar quase de cima da linha. Muitos torcedores pediram gol. Logo depois, Wegno teve tudo para marcar, mas acabou caindo sozinho dentro da área e nada foi marcado. O Independente chegou a marcar com o zagueiro Ezequias, mas o gol foi anulado pela arbitragem.

Na etapa derradeira o “Trem de Ferro” teve a chance no chutaço de Régis, o goleiro Alencar Baú fez a defesa. Chicão e Dudu ainda responderam para o Galo Elétrico, mas a bola teimava em não entrar e a decisão da Taça Cidade de Belém foi decidida nas cobranças de pênaltis.

Com tarde inspirada do goleiro Alencar Baú que defendeu três pênaltis e marcou o seu gol, o Independente sagrou-se campeão vencendo por 7 a 6.

Marcaram para o Galo Elétrico: Wegno, Ezequias, Jaquinha, Daniel Piauí, Rubran, Douglas Tandu e Alencar Baú. Enquanto que assinalaram para o Parauapebas: Célio Codó, Juninho, Rodrigo Siqueira, Gustavo, Dedeco e Paulo Rafael.

Delírio para os oito mil torcedores que compareceram ao estádio ao grito de “O campeão voltou”. A torcida do Galo Elétrico iniciou um verdadeiro carnaval na cidade da energia.

FICHA TÉCNICA

Independente: Alencar Baú; Léo Rosas (Douglas Tandu), Ivison, Ezequias e Jaquinha; Dudu, Chicão, Ângelo (Rubran) e Kariri; Wegno e Joãozinho (Daniel Piauí). Técnico: Lecheva

Parauapebas: Paulo Rafael; Rodrigo Siqueira, Negretti, Henrique e Mocajuba; Dedeco, Gustavo, Régis, Evandro (Célio Codó) e Juninho; Magno (Ueslei). Técnico: Léo Goiano

Cartões amarelos: Léo Rosas, Jaquinha e Ezequias (Independente) e Henrique e Magno (Parauapebas)

Árbitro: Andrey da Silva e Silva

Assistentes: Rafael Ferreira Vieira e Ederson Brito Albuquerque

Quarto árbitro: Elaine dos Santos

Local: Estádio Navegantão, em Tucuruí

Renda: R$ 55.000,00
Pagantes: 6.000
Credenciados: 2.000
Total: 8.000

Patrocínio
A cobertura completa da partida da final do Parazão 2015 pelo Portal Pebinha de Açúcar tem o patrocínio de: Prefeitura Municipal de Parauapebas; Vereador Ivanaldo Braz; Darci Lermen, Marcelo Catalão e Vereador Professor Josineto.

Reportagem: Fábio Relvas – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar
Foto: Israel Lira

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar