EsportePolícia

Jobson é preso acusado de estuprar quatro adolescentes

1fml7ew3mrisz2qy38bc8cfigO jogador Jobson, ex-Botafogo, foi preso nesta quinta-feira acusado de estuprar quatro adolescentes, com idades entre 12 e 14 anos, em Conceição do Araguaia, no sudeste do Pará. Jobson estava em sua chácara no município vizinho, Couto Magalhães, no estado do Tocantins, quando foi preso. A polícia investiga um quinto caso de estupro contra o jogador, que está afastado do futebol desde que foi suspenso pela Fifa em abril de 2015.

O inquérito contra Jobson foi instaurado há uma semana depois que uma adolescente de 13 anos prestou queixa na delegacia de que fotos em que aparece nua estariam circulando em grupos no Whatsapp. Segundo a adolescente, ela e três amigas foram convidadas por Jobson para ir até a chácara dele e lá consumiram álcool e drogas durante uma festa.

A adolescente diz que desmaiou após beber e usar drogas. Ela afirma que o jogador e outros homens que se aproveitaram da situação para tirar fotos dela sem roupa. Na delegacia, a adolescente disse que telefonou para Jobson e avisou que pretendia denunciá-lo. Ele, então, teria feito ameaças.

Por meio de nota, o delegado Rodrigo da Motta, que investiga o caso, as vítimas uma vítima tem 12 anos, outra 13 e outras duas 14 anos. As adolescentes passaram por exames médicos que comprovaram que elas fizeram sexo. As adolescentes afirmaram que consentiram em fazer sexo, mas que estavam sob efeito de álcool e drogas. A legislação considera que sexo com adolescentes menores de 14 anos é estupro de vulnerável, não importando se houve consentimento.

Procurado pela imprensa, o advogado Bruno Willian da Silva, que representa o jogador, disse que ainda não teve acesso ao inquérito. “Até agora a Polícia Civil não me entregou nenhum inquérito. Nós estamos aguardando para ter acesso à cópia dos autos. A única coisa que tive acesso foi o mandado de prisão preventiva”, afirmou o advogado.

Jobson Leandro Pereira de Oliveira, 28 anos, foi revelado pelo Botafogo e, em 2013, quando atuava pelo São Caetano, foi detido acusado de agredir a mulher. Ele está suspenso pela Fifa até 2019 porque se recusou a fazer exame antidoping quando atuava no futebol árabe. O jogador teve problemas com antidoping quando jogava pelo Botafogo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo