NotíciasXinguara

Minha Casa Minha Vida: Moradores se reúnem pedindo providências para obras paradas em Xinguara

Empresa responsável pela construção das casas não mandou representante

Vice-prefeito Raimundo Mototáxi acompanhado dos vereadores Antônio Benigno e Jair
Vice-prefeito Raimundo Mototáxi acompanhado dos vereadores Antônio Benigno e Jair

Em reunião realizada na tarde desta terça-feira, 07, na Câmara Municipal de Xinguara, inscritos no programa que prevê o beneficio de casas populares debateram com representantes do poder público municipal na tentativa de se buscar uma resposta para a situação que levou a paralisação das obras que ao todo beneficiaria 100 famílias.

Na ocasião, representando a prefeitura, o vice prefeito, Raimundo Coelho Araújo, PSC, foi manifestou-se dizendo que a administração municipal não tem responsabilidade sobre a construção das casas, mas, que, mediante a proposta de se formar uma comissão para ir a Brasília, junto ao Ministério das Cidades, na tentativa de se obter uma resposta para o que está acontecendo em relação ao não cumprimento por parte da empresa quanto a construção das casas.

Francisco George, Secretário Municipal da Cidade, disse que a empresa deveria dar satisfação, porem, nem sequer mandou representante para participar da reunião. Segundo ele, o próprio dono da construtora responsável pela obra, veio apenas duas vezes acompanhar, o que representa um total descaso.

A reunião contou também com a presença do presidente do Conselho de Habitação do município, Floriano Dias de Lima, e mais dois membros. Floriano disse que foi pego de surpresa sobre a realização da reunião, sendo comunicado em menos de vinte e quatro horas, por telefone o que, segundo ele, dificulta a mobilização dos demais membros do CHMX.

Ao final, ficou deliberado que uma comissão, composta por representantes do poder executivo, legislativo, do CHNX e dois representantes das famílias inscritas no Programa, estarão indo a Brasília solicitar que alguma medida seja tomada para que se garanta a construção das moradias em Xinguara.

O prazo final para que todas as casas sejam entregues, devidamente concluídas, se encerra no dia 23 do mês de junho deste ano. Diante disso, uma das propostas a serem apresentadas ao Ministério das Cidades, está o pedido de prorrogação deste prazo. (Texto: Antonio Guimarães)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo