Ministério Público notifica secretária de finanças da Prefeitura de Xinguara para prestar esclarecimentos

Como se pode constatar, as estruturas usadas pelos servidores são as mesmas utilizadas para realização de serviços de responsabilidades daquele departamento.

O Ministério Público de Xinguara, após tomar conhecimento de que servidores municipais teriam prestado serviços na residência da senhora Norma Sueli Barcelos Jacinto, secretária de finanças do município, expediu notificação para que ela preste esclarecimentos sobre o fato que tem sido de grande repercussão na cidade.

A notificação foi expedida no dia 29 de abril, cinco dias após o fato ser veiculado na imprensa local. Por meio do oficio 055/2015, o representante do MP, Ramon Furtado Santos, que responde como titular pela 2ª Promotoria de Justiça, na comarca local, requisitou que a secretaria de finanças apresentasse suas justificativas por escrito sobre a informação de que teria sido beneficiada com a realização de serviços em sua residência, utilizando-se de estrutura da administração municipal.

O fato tem sido amplamente debatido nas redes sociais, onde as manifestações são de indignação num momento em que a sociedade tem cobrado mais transparência por parte dos agentes políticos.

Nossa reportagem tentou contato com a secretaria por meio da assessoria de imprensa da prefeitura, na tentativa de saber se ela tinha interesse de se pronunciar sobre as acusações que pesa contra ela, mas fomos informados que Norma Sueli, disse que, só vai se pronunciar perante a Justiça.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA