Notícias

No combate ao mosquito Aedes Aegypti Prefeitura de Xinguara doa sementes de Crotalária

ponto2016-03-28-Viveiro-10Como nova ferramenta de combate ao mosquito aedes aegypti a Prefeitura de Xinguara, através da secretaria municipal de Saúde e secretaria de Meio Ambiente e Turismo adquiriu sementes de crotalária, que contribui para controle biológico dos mosquitos transmissores da Dengue, Zika vírus, e Chikungunya. As sementes serão doadas à população e plantadas nos canteiros e Praças da cidade.

O prefeito Osvaldinho Assunção que acompanhou o plantio das sementes para produção de mudas no viveiro municipal, afirmou que a administração não está medindo esforços quanto às ações de combate ao aedes aegypti. “Essas mudas serão plantadas nos canteiros da nossa cidade para que assim possamos contribuir no combate a esse transmissor de graves doenças. Nós estamos atentos às ações de combate ao mosquito e estamos atuando com várias ações” disse.

ponto2016-03-28-Viveiro-21A secretária de Saúde Janaína Pereira; a secretária de Meio Ambiente e Turismo, Tatiane Cossetin; a secretária de Assistência Social, Fátima Assunção;  o secretário de Obras, Ivomar Ferreira e o vereador Amilton  Cunha (Manga)  também acompanharam o trabalho no viveiro.

Janaina Pereira lembra que já foram realizados vários mutirões de limpeza na cidade, assim como ações educativas nas escolas municipais. “A aquisição dessas sementes mostra o comprometimento da administração municipal com a saúde pública”, afirma.

Doação

As sementes da crotalária serão doadas nesta quarta-feira (30) na Praça Vitória Régia, Centro, a partir das 17h. Uma ação, com data a ser definida, também será realizada nas escolas municipais, onde os alunos também estarão recebendo sementes para o plantio.

Crotalária

A crotalária leva cerca de dois meses para crescer e pode ser plantada em qualquer quintal. As primeiras flores aparecem em até seis meses e na fase adulta, ela pode chegar a 3 metros de altura. A secretária de Meio Ambiente, Tatiana Cossetin,  explica que a flor e o fruto da planta são um atrativo para insetos. “A libélula é atraída pelo fruto da planta e como ela é um predador natural do mosquito, funciona como um controle biológico, se alimentando do transmissor da doença”.

Ascom/PMX

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo