Polícia

Novas revelações para o homicídio que aconteceu a um mês em Bannach

Por Roserval Ramos

20150829174629Filho menor de Firmino Borges e Stefana Rodrigues da Silva, casal que foi assassinado na Cidade Bannach a um mês, relata como tudo aconteceu em sua residência no dia 30 de julho, dia em que seus pais foram brutalmente assassinados.

No dia 30/07, policiais da superintendência regional do Araguaia paraense, receberam uma denúncia anônima que aconteceria um crime no município de Bannach, não sabendo precisar o local apenas o denunciante informou que seria na zona rural e que seria um casal, e a motivação seria por causa da herança e que os autores seriam da Cidade de Redenção. No dia seguinte chegou até a superintendência do Araguaia paraense a informações que um casal havia sido vitima de homicídio e que uma criança de 10 anos havia sobrevivido, no momento da ação dos criminosos a criança conseguiu fugir, mas tinha recebido um golpe de facão no braço.

Três homens chegaram à residência do casal Firmino Borges e Stefana Rodrigues da Silva, pedindo água para beber e logo em seguida anunciaram o assalto, que na realidade não passava de uma simulação, os pistoleiros fizeram vários disparos de arma de fogo e ainda usaram um facão para golpear as vitimas.

Por determinação do delegado Miranda, policiais da superintendência conseguiram chegar ao mandante do crime Fábio Junior Borges, filho de uma das vítimas, Firmino Borges. A motivação do crime seria a herança que o mesmo poderia receber, pois era o único herdeiro.

Como Fábio estava desempregado e o pai já não estava mais ajudando-o, e estava querendo vender tudo que tinha na cidade de bannach para morar com a esposa em outro estado, Fábio então arquitetou a morte do seu pai, ofereceu a quantia de 50 mil e mais o carro do próprio pai para o três executores do crime, o pagamento seria após o recebimento da herança.

No dia do crime Fábio viajou para outro município para não levantar suspeitas, no momento do depoimento dado para a polícia no dia em que ocorreu o crime, o mesmo se encontrava bastante frio, não derramou nenhuma lagrima como se nada estivesse acontecido ocorrido. Foi feito uma investigação que levou à conclusão que três elementos saíram da Cidade de Redenção por volta das 19:00h em duas motos levando uma arma de fogo e várias munições, os homens chegaram ao local do crime e executaram o casal.

Uma criança mesmo esfaqueada no braço conseguiu fugir e passou a noite caminhando pela a mata até chegar a uma residência e pedir ajuda de imediato à criança foi levada para a Cidade de Redenção, onde relatou o que havia ocorrido, a polícia após investigações identificou todos os envolvidos e repassou o relatório para o delegado titular de Rio Maria, onde é presidido o inquérito policial, todo envolvidos são de Redenção e estão com prisão preventiva decretada pela Justiça.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo