Polícia

OPERAÇÃO ARSENAL: Policia Civil de Xinguara põe mais um atrás das grades

DESDOBRAMENTO DA OPERAÇÃO ARSENAL TIRA DE ROTA BRUNO DE OLIVEIRA MOREIRA, acusado de ser um dos assaltantes financiados por “CÔCO”.

A Polícia Civil deflagrou na manhã do dia 07 de outubro, a “OPERAÇÃO ARSENAL”, que culminou com a prisão de Louzival Silva Santos, vulgo “CÔCO”, acusado de financiar assaltos em Xinguara, inclusive cedia armas de fogo a criminosos para cometerem os crimes.

As investigações apontam que um dos assaltantes que eram financiados por “CÔCO” era o indivíduo Bruno de Oliveira Moreira, que tomava armas de fogo emprestadas para roubar motos pela cidade.

O esquema movimentava altas cifras em dinheiro, já que as motocicletas roubadas eram adulteradas e revendidas em outras cidades.

A Polícia, após prender CÔCO, se deslocou até a cidade de Sapucaia e prendeu BRUNO, o qual foi apresentado ao delegado José Orimaldo Farias.

“A Polícia ainda está investigando outros envolvidos no crime, ao que conste ha vários menores sendo financiados por CÔCO e com a ajuda de BRUNO cometem assaltos, roubando motos e revendendo em outras cidades. A operação ainda está em vigor e as investigações podem levar outros acusados à cadeia”, declarou o delegado José Orimaldo Farias.

As prisões de BRUNO e de CÔCO representam uma queda nos assaltos nesta cidade. Ambos estão presos à disposição da justiça.

FONTE: POLICIA CIVIL DE XINGUARA

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo