Polícia Federal

Operação da PF combate desvio de produtos químicos para o tráfico em Goiás

Goiânia – Cerca de 70 policiais federais estão nas ruas nesta quinta-feira (9/6) para cumprir mandados no âmbito da Operação Controle Químico, que visa combater uma organização criminosa especializada em tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em Goiás. Segundo as investigações, uma empresa de fachada adquiria produtos químicos controlados e repassava ao esquema criminoso. Esse material era utilizado para misturar na cocaína, o que maximizava o lucro dos traficantes. 

São cumpridos 14 mandados de prisão temporária e 17 de busca e apreensão em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Bela Vista e Acreúna, além das cidades paraenses de Rio Maria e São Félix do Xingu. Imagens divulgadas pela polícia mostram a apreensão de dinheiro em espécie, além de arma e munições.

Segundo a Polícia Federal, insumos como fenacetina, cafeína, lidocaína, benzocaína e ácido bórico eram vendidos a narcotraficantes e utilizados no “batismo de cocaína”. Esses produtos químicos possuem a forma de pó branco e causam efeito anestésico ou estimulante do sistema nervoso central. Por isso, são utilizados pelos traficantes para aumentar o volume da droga e, ao mesmo tempo, dar ao usuário a falsa sensação de que está adquirindo produto de “boa qualidade”.

A polícia apontou que, em apenas um ano de atividade, a empresa fiscalizada adquiriu mais de 17 toneladas de produtos químicos destinados ao tráfico. Nem mesmo os cinco maiores laboratórios farmacêuticos do país realizam aquisições nessa quantidade e em espaço tão curto de tempo.

Além dos responsáveis pelo desvio de produtos, a Polícia Federal identificou os indivíduos que realizavam a lavagem de capitais do grupo criminoso, bem como os adquirentes desses insumos. Os 14 indiciados responderão pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Fonte: Jornal A Redação

Botão Voltar ao topo