Notícias

Pará atinge a 20º posição no ranking de isolamento nacional no domingo (7)

O Pará atingiu a 20ª posição no ranking brasileiro de isolamento social no último domingo (7). Em números percentuais, a taxa representou 47,51% de pessoas se mantendo em casa para evitar a proliferação do novo coronavírus. Na última semana, no período que compreende os dias 3 a 6 de junho, o Estado ocupou a 15º colocação com o índice de 39,29% (03/06) e com 38,97% (04/06), em ambos os dias. Na sexta-feira (05), atingiu a 18ª posição com taxa de 34,69%, e no sábado alcançou a 17º posição com o índice de 40,21%. As informações foram divulgadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), por meio da Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac).

De acordo com o secretário de Segurança Pública, Ualame Machado, apesar da abertura de parte das atividades econômicas na Região Metropolitana de Belém, na última semana, ainda é necessário que a população tenha consciência e só saia de casa quando for necessário.

“O Pará vem figurando em novas colocações no ranking de isolamento social, apresentando índices diferentes aos registrados no período do lockdown, quando aparecíamos entre os três primeiros estados da federação com taxas mais elevadas de isolamento. Essa queda vem sendo registrada em todo o território nacional, com a flexibilização de algumas medidas mais restritivas e a abertura de algumas atividade comerciais. Porém, ressaltamos à população que o ideal ainda é manter o isolamento, pois o fim do regime mais rígido não significa o fim da pandemia. Precisamos fazer uso das mascarás, do distanciamento social, conforme recomendam os órgãos mundiais de saúde, para evitar um novo pico de contagio, especialmente na Região Metropolitana de Belém. No resto do Estado as medidas mais restritivas ainda estão em vigor e precisamos manter o isolamento social para que a pandemia seja estabilizada no Estado como um todo. A nossa vida ainda não voltou à normalidade, como muitos podem pensar, é necessário que tenhamos a consciência de que o vírus ainda está entre nós, por tanto prevenir e isolar-se ainda é a melhor maneira de evitar o contagio”, falou o titular da Segup.

Municípios – De acordo com o levantamento da Segup, ao analisar as cidades paraenses, os três melhores índices de isolamento no domingo foram nos municípios de Limoeiro do Ajuru (64,5%), Chaves (63,0%) e Gurupá (59,6%). Já as cidades que mais desobedeceram à recomendação de ficar em casa, registrando baixo índice de isolamento, foram Abel Figueiredo (28,8%), Palestina do Pará (31%) e Santa Cruz do Arari (33,3%).

Na capital paraense e em Ananindeua, foram registrados, respectivamente, os índices de 49,96% e 46,2%. Em Belém, incluindo os distritos, os bairros com as maiores taxas de pessoas em casa foram: Val de Cães (69,2%), Souza (59,6%) e Batista Campos (49,5%). Já os piores foram: São João do Outeiro (30,3%), Maracajá (30,8%) e Fidelis (31,6%).

Em Ananindeua, os melhores índices foram registrados nos bairros: Cidade Nova III (58,6%), Levilândia (55,6%) e Curuçambá (54,6%), enquanto as piores taxas foram observadas no Heliolândia (37%), Águas Lindas (38,5%) e Guanabara (39,3%).

O percentual de isolamento dos 144 municípios paraenses e o monitoramento completo estão disponíveis no site da Segup.

Dados da semana: 

Segunda-feira, 1
Pará: 10º lugar (41-79%)
Belém: 11° lugar (43,33%)

Terça-feira, 2
Pará: 18° lugar (39,81%)
Belém: 18° lugar (40,76%)

Quarta-feira, 3
Pará: 15° lugar (39,29%)
Belém: 17° lugar (40,10%)

Quinta-feira, 4
Pará: 15° (38,97%)
Belém: 17° (39,47%)

Sexta-feira, 5
Pará: 18º (34,69%)
Belém: 19º (34,90%)

Sábado, 6
Pará: 17º 40,21%
Belém: 19º 41,5%

Domingo, 7
Pará: 20° 47,51%
Belém: 19º 48,96%

Fonte: Agencia Para/Texto: Walena Lopes (SEGUP)

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo