Saúde

Pedido de CPI da Saúde de Santana do Araguaia foi arquivado por falta de provas

Denunciais das veredaoras foram analisadas como  improcedentesOs vereadores responsáveis em investigar as irregularidades na Secretaria Municipal de Saúde, de Santana do Araguaia, julgaram improcedentes as denúncias e arquivaram o processo que solicitava a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), contra o ex-secretário, Fredson Pereira.

Três dos quatro vereadores nomeados pelo ex-presidente Carlos Vicente, para participar da comissão de investigação, deram o parecer favorável pelo arquivamento das denúncias.  Somente a vereadora Maria Aparecida, votou favorável pela continuação das investigações. Andocha, Elivanir Martins, Almir de Castro e Maria Aparecida, foram os integrantes da comissão responsável pelas investigações que teve o vereador Andocha, como relator.

Fredson Pereira , disse que a justiça fora feita e a mentira levantadas pelos  adversarios caiu porterraAssim que soube do parecer dos vereadores, o ex-secretário Fredson Pereira, postou nas redes sociais um comentário dizendo que a justiça fora feita, para a tristeza dos seus adversários que tentaram armar uma cilada contra ele, mas foram infelizes. ‘’Eu tinha certeza que a justiça seria feita e que meus adversários passariam como mentirosos’’ comentou Pereira.

Em contato com a reportagem do NOSSO JORNAL, o ex-secretário disse que a CPI foi orquestrada por um grupo de oposição do prefeito Eduardo da Machado e por um grupo político de Pau D’arco. ‘’Esses dois grupos tentaram manchar o meu histórico de homem público, sério e comprometido com a verdade, mas graças a Deus, a justiça e a verdade prevaleceram mais uma vez’’, afirma.

As denúncias feitas pelas vereadoras, Maria Aparecida Soares (PRP), Alessandra Cristina Guedes (DEM)  e Catarina da Luz Carvelli (PDT), afirmavam que haviam sido desviados mais de R$ 1 milhão dos cofres da saúde de Santana do Araguaia, mas foram dadas como infundadas pela comissão de investigação. (Matéria: Dinho Santos)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo