NotíciasPolícia

PM de Xinguara prende homem acusado de praticar assaltos pelas Ruas da cidade

Paulo Henrique dos Santos Silva
Paulo Henrique dos Santos Silva

Nesta terça-feira, 23 de maio policiais do serviço reservado da Polícia Militar conseguiram prender, Paulo Henrique dos Santos Silva, (foto) acusado de roubo de celulares nesta cidade.

Na delegacia, Paulo Henrique foi reconhecido por uma de suas vitimas, Lorrane Tenório Araújo reconheceu com firmeza e segurança como sendo quem roubou seu celular na última sexta-feira 19. Paulo Henrique usava na ocasião uma motocicleta HONDA BIS DE COR CINZA, com a qual evadiu-se do local, após empregar graves ameaças contra a moça e subtrair seu aparelho celular.

Ao delegado José Orimaldo Farias, Paulo Henrique negou o crime, mesmo com o celular da vitima sendo recuperado pela PM em poder de Naelson Jean Santos Xavier que foi preso em flagrante delito por receptação do aparelho roubado, e declarou que comprou o celular do acusado Paulo Henrique, pelo valor de R$ 120,00 reais.

Pela receptação do aparelho celular, o delegado José Orimaldo Faria, determinou uma fiança no valor de 5 mil reais. Se Naelson quiser responder o processo de receptação em liberdade terá que pagar quase 6 salários mínimos.

Naelson confessou o crime, dizendo que pagou pelo aparelho que estava sem carregador, sem nota fiscal e bloqueado por senha, a quantia de R$ 120,00 reais. O aparelho é avaliado em mais de R$ 900,00 reais.

Com a finalidade de coibir a prática de roubos de celulares na cidade, o Delegado adotou a valoração dos valores de fiança a aqueles que se aventurarem em comprar celulares roubados. A polícia civil tem autonomia para estipular até 100 salários mínimos de fiança em crimes afiançáveis em esfera policial, o montante poderia chegar a quase R$ 100 mil reais em uma única fiança. Em geral, aos crimes afiançáveis aplica-se a fiança de um salário mínimo, porém, se for por receptação de celular oriundo de crime a fiança será sempre aumentada.

“A ideia é acabar com os roubos de celulares em Xinguara, assim sendo, policia civil e militar estão agindo em ação conjunta para coibir tais práticas criminosas, a sociedade precisa de respostas e estamos aqui para dar respaldo ao trabalho da PM fazendo de todo e legal para colocar os assaltantes de celulares atrás das grades”, afirmou o delegado Orimaldo Farias.

A prisão preventiva de Paulo Henrique dos Santos Silva foi requerida ao Juiz da Comarca de Xinguara.

FONTE: POLICIA CIVIL DE XINGUARA

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo