Polícia

Polícia Civil de Xingurara prende o assassino da estudante Yasmim

Acusado
Acusado

A morte da estudante Yasmin França Bueno, de apenas 14 anos de idade, chocou a cidade de Xinguara no sul do Pará e o mundo após ser divulgada nas redes sociais. O crime aconteceu na noite do dia 21 de março, enquanto a adolescente estava sozinha em casa.

O corpo da estudante foi encontrado por sua avó paterna por volta das 13 horas do dia 22, em cima da cama em seu quarto. Desde então a Polícia Civil começou as investigações sobre o assassinato, uma equipe de investigadores sobre o comando do delegado José Taborda estiveram no local do crime fazendo os primeiros levantamentos da investigação.

O caso foi passado da presidência do delegado Taborda para a presidência do delegado José Orimaldo Farias, que assumiu o plantão nesta quarta-feira 23. José Orimaldo começou trabalhar no caso nas primeiras horas em que deu inicio ao seu plantão, após ouvir varias pessoas em depoimento a Polícia prendeu o suspeito que confessou o crime com riquezas de detalhes. Trata-se o Jovem Wallison Patrick Costa Scarparo, que acabara de completar 18 anos no dia 10 de março deste ano.

Vitima
Vitima

Investigadores da equipe do delegado José Taborda, deixaram de viajar para suas residências na capital do estado como é de praxe quando se termina o plantão, para se integrarem a equipe do delegado José Orimaldo, para que o caso Yasmain fosse solucionado o mais rápido possível. Participaram das investigações os investigadores, Marcos Correia, Edson Pojo, Amilcan Viana e os escrivães Diego, Flaviane e os Ad hoc Deivison e João Rosa, (equipe do delegado José Orimaldo), Denis Lisboa, Aclerson Estevão e Alan Amorim e o escrivão Luciano Câmara, (equipe do delegado Taborda).

Nossa reportagem tentou falar sobre o caso com o delegado Orimaldo, mas ele disse que vai falar com a imprensa só amanhã quinta-feira 24, uma vez que ele tem muito trabalho até concluir inquérito policial, mais garante que materialidade que prova que Wallison é o autor do crime não falta, inclusive a confissão assinada por ele, Wallison.

O corpo da estudante Yasmin França, após passar por necropsia no ILM de Marabá, foi velada e sepultada na cidade de Rio Maria, onde seus familiares por parte de sua mãe moram. O sepultamento aconteceu por volta das 18 horas no cemitério daquela cidade.

Por Roserval Ramos

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo