NotíciasPolícia

Polícia investiga invasão à fazenda Cedro, no sudeste do Pará

PM diz que foi recebido a tiros por invasores nesta segunda-feira, 28. Funcionários foram expulsos e o imóvel foi incendiado.

Funcionários de fazenda foram expulsos e as dependências do local foram destruídas por incêndio criminoso. (Foto: Divulgação/Secretaria de Segurança Pública do Estado do Pará)
Funcionários de fazenda foram expulsos e as dependências do local foram destruídas por incêndio criminoso.
(Foto: Divulgação/Secretaria de Segurança Pública do Estado do Pará)

A Polícia Civil investiga uma nova invasão à fazenda Cedro, localizada entre os municípios de Marabá e Parauapebas, no sudeste paraense, na madrugada desta segunda-feira (28). Segundo a polícia, um policial militar ficou ferido ao trocar tiros com os invasores.

De acordo a Polícia Militar, por volta de 1h30 um grupo de pessoas armadas com espingardas invadiu o escritório, laboratórios e alojamentos dos funcionários da fazenda, situada no quilômetro 40 da rodovia BR-152. Os invasores expulsaram os funcionários e familiares, ateando fogo no imóvel e saqueando os bens e móveis.

A PM afirma que foi recebida a tiros pelos invasores. Um policial foi atingido na perna, e o veículo que ele conduzia também foi alvo dos disparos. O militar foi levado para o hospital municipal de Marabá com o apoio do Corpo de Bombeiros, e passa bem.

Uma equipe de peritos e policiais da Delegacia de Conflitos Agrários de Marabá, com o apoio de uma guarnição do Grupamento Tático, foram até a propriedade com o objetivo de ouvir testemunhas. As famílias foram retiradas pelos policiais. (G1/Pará).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo