Polícia

Polícia Militar de Xinguara prende elementos que pretendiam estourar agência bancária na cidade

Rambo, é apontadso como o lider do grupo e mentor dos assaltosJairo Santos Andrade, integrava o grupo especializado em roubos a bancoUma guarnição do Grupo Tático Operacional-GTO, da Polícia Militar de Xinguara, comandada pelo Major Keythson Valente, prendeu na madrugada do sábado (23) de janeiro, três elementos, suspeitos de participar de uma quadrilha especializada em assalto e roubo a bancos.

A prisão foi resultado do trabalho de ronda e patrulhamento da equipe policial na via pública de Xinguara e também do serviço de inteligência do Comando Policial Regional-CPR-5.  De acordo com a polícia, o grupo, pretendia fazer um assalto na modalidade vapor em umas das agências bancárias de Xinguara.

José Marques Malta, vulgo “Rambo”, Jairo Santos Andrade e Maico Felipe Martins, foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil, da cidade de Xinguara, onde foram interrogados pelo delegado José Rodrigues Taborda. A polícia obteve informações de que “Rambo” teria participado de um assalto a agência do  Banco da Amazônia (BASA), em fevereiro de 2015,  na cidade de Rurópolis, no sudoeste do Pará.

Os três elementos foram presos nas proximidades do hotel onde eles estavam hospedados. Eles se encontravam  em uma caminhonete modelo Hilux, de cor branca. As suspeitas são as de que o trio estivesse na cidade, fazendo levantamento das agências bancárias da cidade, para a possível ação criminosa.

No primeiro levantamento sobre a vida dos detidos, a polícia foi informada de que Mayco Felipe possui alguns processos em andamentos, onde um deles seria por falsidade ideológica. Mayco Felipe pode ter falsificado seu nome para Maico Felipe Martins.

Outros integrantes do grupo que estavam em outros dois veículos, modelo S10 e um Siena, fugiram ao ver  os companheiros serem abordados pela viatura da PM. A polícia está tentando localizar e prender o restante do bando.

Dinho Santos

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo