Polícia

Polícia Militar tira das ruas de Xinguara dupla de adolescentes que vinham aterrorizando a população

Guarnição que efetuou a prisão SD Alves, SGT B. Ferreira e SGT Filho
Guarnição que efetuou a prisão SD Alves, SGT B. Ferreira e SGT Filho

Uma operação da Polícia Militar de Xinguara, realizada na última quinta-feira (07), por volta das 17:00h,­­­­­­­­­­­ terminou na prisão de dois adolescentes, um de 16 e outro de 17 anos, que vinham aterrorizando a população, cometendo assaltos a mão armada em estabelecimentos comerciais e a residências.

O TEN. CEL- Luiz acompanhou de perto a operação comandada pelo STG. Filho e após as prisões o comandante Luiz comunicou o fato ao Promotor Ramon Furtado, que de imediato levou o caso ao conhecimento do Juiz de Direito da segunda vara da comarca, Dr. Iran Ferreira Sampaio. O magistrado após tomar conhecimento da alta periculosidade dos adolescentes, não mediu esforços e junto com a promotoria, passou a ouvir os dois no Fórum, na noite do mesmo dia da prisão.

Após a oitiva o magistrado entendendo que os acusados vêm causando grandes transtornos à sociedade, decidiu pela transferência imediata dos adolescentes para o Centro de Internação Masculina (Ciam) de Marabá.

Na manhã dessa sexta-feira (08), enquanto a papelada para a transferência ficasse pronta, o IPC Aclerson Estevão falou com a imprensa sobre o caso. Segundo o investigador os dois adolescentes já vinham sendo monitorado há dias pela polícia, devido a sequencia de assaltos que eles vinham comento pela cidade. O agente da Polícia Civil disse que a Justiça agiu rápida e a decisão em transferir os dois foi acertada, o policial afirmou ainda que apesar de serem novos, os dois é de alta periculosidade e agem com muita agressividade com as vitimas. Aclerson falou sobre a última ação dos menores, “Há dois dias eles invadiram um supermercado que fica no Setor Marajoara II, onde renderam o proprietário usando um revolver, deixando o dono do estabelecimento em pânico sobre fortes ameaças”. Com a prisão dos dois as ondas de assaltos devem diminuir, mas tem mais dois menores que está na mira da polícia e podem ser presos a qualquer momento. Afirmou o IPC

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo